Mundo

Biden aproveita condenação de Donald Trump para pedir doações para campanha nas redes sociais; veja

Trump se tornou o 1º ex-presidente dos EUA na história a ser condenado em um caso criminal; a sua pena será anunciada em 11 de julho

Logo após a decisão da justiça em Nova York, o político fez um post em seu perfil no X (AFP/AFP)

Logo após a decisão da justiça em Nova York, o político fez um post em seu perfil no X (AFP/AFP)

Marcos Bonfim
Marcos Bonfim

Repórter de Negócios

Publicado em 30 de maio de 2024 às 19h19.

Última atualização em 30 de maio de 2024 às 19h39.

O presidente Joe Biden usou a condenação do seu oponente na corrida à Casa Branca e ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, para pedir doações para a sua campanha eleitoral. Logo após a decisão da justiça em Nova York, o político fez um post em seu perfil no X  (ex-twitter) para promover a arrecadação.

"Só há uma maneira de manter Donald Trump fora do Salão Oval: nas urnas. Doe para nossa campanha hoje", escreveu, com um link para a página.

O que aconteceu

Com a decisão anunciada na tarde desta quinta-feira, 30, Trump se tornou o 1º ex-presidente dos EUA na história a ser condenado em um caso criminal. A pena, que pode chegar a quatro anos de prisão, será anunciada em 11 de julho, às 10h da manhã na hora local.

Trump foi alvo de 34 acusações relacionadas ao caso, e considerado culpado em todas elas por um júri composto por 12 nova-iorquinos. Os jurados levaram dois dias para chegar à decisão.

O republicano foi processado por fraude relacionada ao pagamento de suborno para a ex-atriz pornô Stormy Daniels, que diz ter tido um caso com ele. Trump foi condenado por pagar dinheiro para que ela não revelasse o caso durante as eleições de 2016, o que foi considerado como gasto de campanha. O pagamento, de 130 mil dólares, foi disfarçado como pagamentos de honorários, o que configura fraude.

Acompanhe tudo sobre:Donald TrumpGoverno Biden

Mais de Mundo

“Davos in the Desert” arrives in Rio to search for opportunities between Brazil and Saudi Arabia

“Davos do deserto” chega ao Rio com foco nas oportunidades entre Brasil e Arábia Saudita

Eleições dos EUA terão semanas decisivas; entenda o que estará em jogo

Partido Conservador francês propõe aliança com extrema direita para eleições no Parlamento

Mais na Exame