Mercado imobiliário
Acompanhe:

Especulação imobiliária aumenta na cidade de São Paulo, diz Loft

Especulação imobiliária é medida por meio da diferença média de preço entre o valor pedido pelo proprietário e o acertado em contrato

Loft: 'vendedor e comprador podem reduzir a probabilidade de deixar dinheiro na mesa e poderão acelerar a jornada de negociações em época de mudanças de governo" (Matt Mawson/Getty Images)

Loft: 'vendedor e comprador podem reduzir a probabilidade de deixar dinheiro na mesa e poderão acelerar a jornada de negociações em época de mudanças de governo" (Matt Mawson/Getty Images)

K
Karla Mamona

10 de janeiro de 2023, 06h31

A especulação imobiliária aumentou na cidade de São Paulo. É o que aponta o novo Índice Especulômetro EXAME-Loft, que reúne a EXAME com a Loft, uma das principais startups dedicadas ao mercado de imóveis no país.

A especulação imobiliária é medida por meio da diferença média de preço entre o valor pedido pelo proprietário e o efetivamente acertado em contrato, ou seja, existe uma oportunidade de negociação para quem deseja comprar um imóvel. A Loft analisa os valores anunciados e os dados do ITBI (imposto sobre transações imobiliárias) divulgados pela Prefeitura de São Paulo.

Segundo o levantamento, dos 57 bairros analisados, 49 apresentaram especulação acima de 10% (diferença entre o preço anunciado e o valor de fechamento do contrato nas transações). Rodger Campos, economista da Loft, explica que parte desse efeito é reflexo do mix de imóveis que foram transacionados no período: imóveis menores e novos.

“Em épocas de mudanças governo e possíveis mudanças que podem afetar componentes relevantes do mercado imobiliário, como juro, renda, incentivos setoriais, entre outros, é importante avaliar a trajetória e a tendência do mercado. Dessa forma, vendedor e comprador podem reduzir a probabilidade de deixar dinheiro na mesa e poderão acelerar a jornada de negociações, pelo menos do ponto de vista de acordo de preços.”

O bairro da Bela Vista, localizado na zona central de São Paulo, tem registrado aumento da especulação imobiliária, com o maior indicador de especulação entre os bairros avaliados. A diferença entre o preço anunciado e o valor de fechamento do contrato nas transações é de 35,30%. Na região, o preço do metro quadrado é de R$ 8.407.

Outro destaque foi o bairro Jardim São Paulo, localizado na zona norte de SP, e com preço do metro quadrado de R$ 5.000 por metro quadrado. Na região, a diferença entre o preço anunciado e o valor de fechamento do contrato nas transações é de 31,13%. Segundo a Loft, a tipologia média transacionada no período analisado foi de imóveis de 150 m² e idade de 30 anos.

 

Bairros em São Paulo Diferença entre o valor anunciado e o valor do contrato Acumulado em 3 meses Tendência
Bela Vista 35.30% 15.15% Alta
Jardim São Paulo 31.13% 14.94% Alta
Campo Grande 31.11% -20.05% Baixa
Vila Clementino 28.08% -2.06% Estabilidade
República 26.26% 8.64% Estabilidade
Jardim Paulistano 25.77% -1.96% Estabilidade
Vila Andrade 24.80% 2.48% Estabilidade
Jardim Paulista 24.77% 1.36% Estabilidade
Barra Funda 23.53% 0.75% Estabilidade
Paraíso 23.40% 7.18% Estabilidade
Moema Pássaros 22.89% 4.71% Estabilidade
Chácara Klabin 22.61% 1.32% Estabilidade
Bom Retiro 22.35% 4.90% Estabilidade
Vila Olímpia 22.11% 5.08% Estabilidade
Higienópolis 21.78% 2.09% Estabilidade
Lapa 21.74% 7.03% Estabilidade
Moema Índios 21.72% -0.39% Estabilidade
Morumbi 20.97% -1.19% Estabilidade
Liberdade 20.94% 1.15% Estabilidade
Vila Madalena 20.31% -2.73% Estabilidade
Alto de Pinheiros 19.97% 1.89% Estabilidade
Jaçanã 19.93% -19.35% Baixa
Tremembé 19.70% -1.30% Estabilidade
Campos Elísios 19.55% 0.35% Estabilidade
Vila Mariana 19.39% -4.49% Estabilidade
Jardim América 18.79% -6.28% Estabilidade
Itaim Bibi 18.33% -1.33% Estabilidade
Santa Cecília 17.74% 0.91% Estabilidade
Brooklin 17.73% 0.45% Estabilidade
Pinheiros 17.37% -2.93% Estabilidade
Sacomã 17.00% 3.59% Estabilidade
Perdizes 16.90% 0.69% Estabilidade
Campo Belo 16.49% 1.69% Estabilidade
Jardim Marajoara 15.03% 2.16% Estabilidade
Sapopemba 14.93% 4.17% Estabilidade
Jabaquara 14.07% 0.12% Estabilidade
Vila Prudente 14.00% 0.83% Estabilidade
Alto da Lapa 13.99% -1.85% Estabilidade
Vila Nova Conceição 13.88% 0.17% Estabilidade
Vila Romana 13.48% -1.55% Estabilidade
Água Rasa 12.96% 3.06% Estabilidade
Saúde 12.91% 0.12% Estabilidade
Mooca 12.56% -3.50% Estabilidade
Tucuruvi 11.99% -2.58% Estabilidade
São Lucas 11.44% -1.23% Estabilidade
Sumaré 11.22% 0.09% Estabilidade
Santo Amaro 10.33% -6.30% Estabilidade
Bosque da Saúde 9.80% 3.18% Estabilidade
Vila Medeiros 9.50% -1.34% Estabilidade
Ipiranga 9.31% -2.56% Estabilidade
Aclimação 9.25% -1.14% Estabilidade
Freguesia do Ó 9.19% 0.07% Estabilidade
Vila Leopoldina 8.98% -5.19% Estabilidade
Limão 7.92% -9.60% Estabilidade
Cambuci 6.63% -3.66% Estabilidade
Cangaíba 3.21% 1.78% Estabilidade
Jardim Europa -3.63% -10.03% Baixa

Preço do metro quadrado

Veja abaixo do preço abaixo do metro quadrado por bairro:

Bairro Preço do metro quadrado em R$
Jardim Europa 19.171
Vila Nova Conceição 15.178
Brooklin 11.789
Jardim América 11.284
Vila Olímpia 11.273
Jardim Paulistano 11.246
Itaim Bibi 11.161
Pinheiros 10.851
Moema Pássaros 10.341
Jardim Paulista 10.262
Moema Índios 10.139
Sumaré 9.946
Santo Amaro 9.908
Vila Leopoldina 9.868
Vila Madalena 9.731
Vila Romana 9.225
Vila Mariana 9.185
Bosque da Saúde 9.185
Alto de Pinheiros 9138.6
Paraíso 9.099
Aclimação 9.065
Alto da Lapa 8.938
Barra Funda 8.898
Lapa 8.771
Higienópolis 8.764
Campo Belo 8.632
Chácara Klabin 8.600
Bela Vista 8.407
Vila Clementino 8.289
Perdizes 8.204
Ipiranga 8.161
Santa Cecília 8.009
Saúde 7.822
Mooca 7.579
Campo Grande 7.236
Bom Retiro 6.869
República 6.817
Água Rasa 6.776
Cambuci 6.632
Freguesia do Ó 6.413
Campos Elísios 6.358
Tucuruvi 6.317
Vila Prudente 6.316
Liberdade 6.304
Morumbi 6.283
Limão 6.122
Jabaquara 5.893
Vila Medeiros 5.600
Vila Andrade 5287.96
Jardim Marajoara 5.247
Tremembé 5.184
São Lucas 5.181
Sacomã 5.018
Jardim São Paulo 5.004
Cangaíba 4.844
Jaçanã 4.835
Sapopemba 4.759