Marketing

Time de beisebol abandona logo com imagem de indígena

Cleveland Indians reconhece décadas de reclamações e aposenta imagem de nativo americano

Cleveland Indians: time de beisebol dos EUA vai abandonar logo com imagem de indígena (Cleveland Indians/Divulgação)

Cleveland Indians: time de beisebol dos EUA vai abandonar logo com imagem de indígena (Cleveland Indians/Divulgação)

Guilherme Dearo

Guilherme Dearo

Publicado em 31 de janeiro de 2018 às 13h13.

Última atualização em 31 de janeiro de 2018 às 13h21.

São Paulo - Após décadas de reclamações de nativos americanos e descendentes, o time americano de beisebol Cleveland Indians decidiu aposentar o seu tradicional logo.

A imagem, chamada de "Chief Wahoo", traz um índio americano representado com uma pena na cabeça e uma pele vermelha.

O Cleveland Indians anunciou que, a partir de 2019, todos os uniformes do time não terão mais a imagem considerada racista e ofensiva.

O time já usa um "C" vermelho como logo alternativo. Nos últimos anos, tem sido a opção principal. Em breve, será a oficial.

Rob Manfred, da liga de beisebol dos EUA, disse à imprensa americana: "Nos últimos anos nós encorajamos o diálogo com organizações de nativos americanos sobre o uso do logo Chief Wahoo".

Ele disse que muitos fãs do time veem o logo como uma tradição, estão muito ligados a ele e à sua história. Mas, após longo debate, o time decidiu que era preciso reconhecer que a imagem já não era mais apropriada para o esporte.

Acompanhe tudo sobre:BeisebolDesignEsportesEstados Unidos (EUA)LogotiposRacismo

Mais de Marketing

Grupo Flamboyant anuncia rebranding em suas unidades de negócio

Amstel traz Amsterdã ao Rio Pinheiros em evento com passeio de balsa gratuito

Heinz lança molho 'Barbiecue' em parceria com a Mattel

Cauã Reymond fica preso em elevador com fã em nova campanha

Mais na Exame