Marketing

Thammy Miranda em campanha de Dia dos Pais: o que a Natura ganha com isso?

Novos seguidores, alta na bolsa e crescimento nas buscas no Google. Relatório mostra os impactos da campanha de Dia dos Pais da Natura

Thammy Miranda e família: campanha de Dia dos Pais traz resultados para a Natura (Facebook/Reprodução)

Thammy Miranda e família: campanha de Dia dos Pais traz resultados para a Natura (Facebook/Reprodução)

Marina Filippe

Marina Filippe

Publicado em 29 de julho de 2020 às 16h38.

Última atualização em 29 de julho de 2020 às 19h46.

Desde que Thammy Miranda publicou um vídeo com o filho para um publieditorial de Dia dos Pais da Natura, o assunto tomou conta das redes sociais e dividiu os internautas entre apoiadores e os com atitude transfóbica.

A repercussão passou a envolver inclusive outras personalidades com muitos seguidores como Felipe Neto, que se ofereceu para fazer campanha gratuita para a fabricante de cosméticos, e Silas Malafaia, que incentivou um boicote. Enquanto isso, a Natura se limitou a divulgar um único posicionamento de apoio "a todas as maneiras de ser homem". Mas, o que a marca ganha com isso?

Segundo um levantamento realizado pelo consultor de estratégias em mídias sociais Douglas Gomides, a Natura tem que comemorar a visibilidade da marca. "Quem não ter haters nunca vai ter lovers, a marca estar em alta é bom para os negócios", diz.

No dia 25 de julho, por exemplo, a Natura era tão procurada no Google quanto a concorrente Boticário, mas desde ontem há um salto na proporção e a Natura alcança o índice de busca 100 -- o valor máximo da análise -- enquanto do Boticário fica por volta de 10.

O relatório de Gomides mostra ainda que a Natura vinha ganhando cerca de 2 mil seguidores por dia no Instagram, mas ganhou 21,5 mil de ontem para hoje, e 5,3 mil nas 24 horas anteriores. Já o Thammy Miranda ganhou 23,5 mil novos seguidores no último dia.

"Mesmo que muitos deixem de seguir a marca e o empresário, eles ganham novos seguidores mais qualificados e engajados com o propósito exposto", afirma. É possível perceber também que O Boticário e Silas Malafaia mantiveram a quantidade regular de novos seguidores -- algo em torno de 1 mil e 2 mil por dia.

Além do alcance nas redes, a fabricante de cosmético tem ganhado nos negócios. Hoje e ontem as ações na bolsa crescem cerca de 6%. "As críticas na internet são seletivas e passageiras, os resultados na bolsa mostram como a empresa ganha ao se posicionar", afirma Gomides.

Menções nas redes

A campanha de Dia dos Pais da Natura conta ainda com outros influenciadores nas redes sociais, como Babu Santana e Henrique Fogaça. Mas, Gomides lembra que a estratégia foi pensada e produzida pela DPZ&T, agência que criou a campanha de investimento do Itaú e gerou polêmica com a XP Investimentos, chegando a ser citada como combinada por usuários das redes sociais, visto que o Itaú detém 49,9% do capital da XP.

"Faz um mês que a campanha aconteceu e gerou muitas menções, é possível que nos dois casos o mais importante é ser visto e lembrado", diz Gomides.

Para o presidente da DPZ&T a aposta em diversidade não é de hoje. “Nossa campanha dá sequência à visão da Natura trabalhada ao longo dos anos. Temos 14 influenciadores participando dessa ação desenvolvida para o Dia dos Pais, e o critério de escolha foi serem pais ativos, presentes. A partir daí, tentamos mostrar essa conexão de forma verdadeira. É isso que gera conexão com nossos consumidores”, afirma Eduardo Simon.

Acompanhe tudo sobre:Boticáriodia-dos-paisInstagramNatura

Mais de Marketing

Ex-BBB Bia do Brás estrela nova campanha do Ton, da Stone

Cauã Reymond ativa sua conta do TikTok em parceria com marca de moda

Alexandre Peralta deixa a Africa Creative e reabre a agência Peralta

Louis Vuitton reúne os tenistas Roger Federer e Rafael Nadal nas montanhas da Itália

Mais na Exame