Marketing

Quem são as pessoas mais ricas da publicidade?

Ranking divulgado pela Business Insider aponta os 33 publicitários mais bem pagos do mundo

Martin Sorrell: CEO do grupo WPP tem a quinta melhor remuneração (Getty Images)

Martin Sorrell: CEO do grupo WPP tem a quinta melhor remuneração (Getty Images)

DR

Da Redação

Publicado em 22 de maio de 2012 às 11h59.

São Paulo -  Uma pequisa feita pela GMI Ratings e divulgada pela Business Insider revelou as 33 personalidades mais ricas dos negócios publicitários.

Claro que Martin Sorrell, do conglomerado WPP, e John Wren, da Omnicom, ocuparam as primeiras posições, assim como Nicolas Brien, CEO do McCann Worldgroup, que ficou em 9º lugar.

A lista, porém, também traz números curiosos, como por exemplo o aumento salarial de 278% recebido pelo CEO da MDC Partners Miles S. Nadal, que dos cerca de 6 milhões de dólares que recebia em 2010, saltou para quase 24 milhões de dólares hoje, o que fez dele um dos CEOs mais bem pagos da publicidade.

Mesmo assim, não é Nadal o feliz ocupante do primeiro posto do ranking. A posição número 1, de Maurice Levy, da Publicis, vem acompanhada de uma compensação anual estimada em pouco mais de 26 milhões de dólares.

Veja a lista dos 10 mais bem pagos

Posição Nome Remuneração (US$)  Companhia
 1  Maurice Levy (França)  26,180,697 (estimada)  Publicis (CEO)
 2  Miles S. Nadal (Canadá)  23,797,424  MDC Partners (CEO)
 3  John D. Wren (Estados Unidos)  15,420,537  Omnicom (CEO)
 4  Michael I. Roth (Estados Unidos)  12,983,942  Interpublic Group (CEO)
 5  Martin Sorrell (Inglaterra)  11,676,000  WPP (CEO)
 6  Randall J. Weisenburger (Estados Unidos)  10,768,846  Omnicom (CFO)
 7  Andrew Robertson (Estados Unidos)  8,976,000 (estimada)  BBDO (CEO)
 8  Tom Carroll (Estados Unidos)  8,840,000 (estimada)  TBWA Worldwide (CEO)
 9  Nicolas Brien (Estados Unidos)  4,792,665  McCann Worldgroup (CEO) 
 10  Robert Philpott (Reino Unido)  4,603,467  Synovate (CEO)
Acompanhe tudo sobre:Agências de publicidadeEmpresasMartin SorrellPublicidadePublicisRemuneraçãoWPP

Mais de Marketing

Samsung e Apple: o choque entre perfeição tecnológica e a imperfeição humana

Polishop: comerciais de TV eram sucesso entre crianças na década de 1990; entenda a razão

Parceria entre Coca-Cola e outras 5 empresas supera 1 milhão de litros de água para o RS

Samsung alfineta Apple após comercial de iPad Pro: 'A criatividade não pode ser esmagada'

Mais na Exame