Marketing

Nestlé diz que vai fazer valer os seus direitos

Após ter publicidade de Alpino Fast proibida, Nestlé avalia medidas de resposta

alpino-jpg.jpg (.)

alpino-jpg.jpg (.)

DR

Da Redação

Publicado em 19 de maio de 2010 às 16h18.

São Paulo - Após ter os anúncios publicitários do Alpino Fast proibidos pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), a Nestlé estuda a possibilidade de recorrer da determinação. De acordo com nota divulgada à imprensa, "a Nestlé considera um absurdo o que está acontecendo e vai procurar os instrumentos cabíveis para fazer valer os seus direitos".

A suspensão da publicidade do produto em meios impressos, televisão e internet pela Anvisa foi publicada ontem no Diário Oficial da União, e veio em decorrência da polêmica gerada pela publicação de um post no blog "Coma com os Olhos".

Segundo o blog, a embalagem e as peças publicitárias do Alpino Fast sugeririam que a bebida é uma versão líquida do bombom Alpino, da Nestlé. 


Entenda o caso: 

#materia_subtitulos {
margin-bottom:40px;
margin-left:0;
margin-right:0;
margin-top:40px;
}
#materia_subtitulos h2 a {
border:1px solid #CA0500;
color:#002F48;
display:block;
font-size:15px !important;
font-weight:normal;
margin-bottom:5px;
margin-left:auto;
margin-right:auto;
margin-top:0;
padding-bottom:10px;
padding-left:5px;
padding-right:5px;
padding-top:10px;
text-align:center;
width:300px;
}

Acompanhe tudo sobre:ConsumidoresEmbalagensEmpresasEmpresas suíçasMarcasNestléPublicidade

Mais de Marketing

O Boticário convida consumidores a seguir acreditando no amor em nova campanha de Dia dos Namorados

MASP hasteia bandeira LGBT+ em sua fachada durante a Parada de São Paulo pela 1ª vez

Festa da Firma lança festival de hambúrguer com descontos em 20 lanchonetes

O que muda nos anúncios em nova busca do Google com IA? Vice-presidente do Google Ads explica

Mais na Exame