Marketing

Gafe no BBB leva Knorr e concorrente aos Trending Topics

Ação de marketing durante prova do líder nesta quinta-feira repercute negativamente na rede social

Knorr: anti-marketing durante ação no Big Brother Brasil (DIVULGAÇÃO)

Knorr: anti-marketing durante ação no Big Brother Brasil (DIVULGAÇÃO)

DR

Da Redação

Publicado em 5 de dezembro de 2012 às 18h41.

São Paulo - Apesar de ser um dos cinco patrocinadores da 11ª edição do Big Brother Brasil, a Knorr acabou perdendo espaço para a concorrente Maggi na prova do líder desta quinta-feira (3). Uma gafe logo nos primeiros momentos da competição, durante a qual os participantes espontaneamente cantaram o jingle da Maggi, levou as duas marcas e o mascote da concorrente, “Galinha Azul”, os topo dos assuntos mais comentados no Twitter.

No desafio desta semana, os participantes tiveram de vestir uma roupa de frango assado para disputar o cargo do líder numa prova de resistência. Após um “banho de temperos”, os integrantes permanecerão "assando" num forno até que reste apenas um vencedor.  

Minutos depois do início da prova, os participantes do BBB cantaram a música da Galinha Azul, mascote da Maggi, gerando comentários negativos na rede social. "Prova fail" e "Maggi sabotadora" também foram algumas das expressões mais tuitadas.

Além da reação negativa gerada pela confusão com a identidade das duas marcas de caldos de galinha, a prova recebeu críticas pela sua engenharia e foi considerada por muitos de mau gosto. "Super pega bem pra Knorr esse merchan/fail de assar humanos com saco plástico na cabeça", disse um dos muitos tweets com o mesmo teor de julgamento. 

Acompanhe tudo sobre:#failestrategias-de-marketingGafes de marketingPatrocínio

Mais de Marketing

Burger King e Stanley promovem ação com galão térmico a R$ 1; saiba como retirar

Camila Coutinho estreia no Cannes Lions como palestrante nesta quinta, 20

Em Cannes, Musk explica por que xingou anunciantes e tenta aproximação com o mercado publicitário

Cannes: CTO da OpenAI fala sobre desafios e oportunidades da IA na criatividade humana

Mais na Exame