Entidades fazem campanha a favor de regras da Anvisa

"Diga sim às regras para publicidade de alimentos" é o tema da ação

São Paulo - A CI (Consumers International), organização que reúne em 115 países, 220 associações de consumidores e agências governamentais de proteção do consumidor, entre elas o Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor), enviou nesta semana carta ao ministro Luís Inácio Lucena Adams, advogado-geral da União, em protesto contra a recomendação de suspender a resolução Nº 24/2010 da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), referente à publicidade de alimentos não saudáveis.

Em respaldo à carta enviada anteriormente por entidades relacionadas ao direito do consumidor, entre elas, o Idec, a CI compartilha do posicionamento sobre a necessidade de regular a publicidade, propaganda e informação sobre os alimentos com alto teor de açúcar, gordura e sal, e cobra da AGU (Advocacia Geral da União) que reverta sua decisão, pelos interesses e saúde de toda população brasileira.

Para fortalecer ainda mais o movimento a favor da manutenção da resolução da Anvisa, o Idec e as organizações parceiras nessa causa lançaram a campanha "Diga sim às regras para publicidade de alimentos", chamando à população para que envie suas contribuições à discussão, que é de interesse de toda sociedade.

No site do Idec está disponível modelo de carta e lista de e-mails a quem deverá ser endereçada, para facilitar a adesão da sociedade civil.

Leia mais notícias sobre publicidade

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também