Marketing
Acompanhe:

Coca-Cola abre 1ª fábrica verde da América Latina no Brasil

Unidade fica localizada em Maceió e atende aos estados de Sergipe, Alagoas e parte da Bahia

Fábrica da Coca-Cola terá iluminação natural e um sistema de uso eficiente de água, além de recursos para diminuir a liberação de CO2 na atmosfera (.)

Fábrica da Coca-Cola terá iluminação natural e um sistema de uso eficiente de água, além de recursos para diminuir a liberação de CO2 na atmosfera (.)

S
Sylvia de Sá

10 de outubro de 2010, 03h41

A Coca-Cola continua investindo em sustentabilidade. Após lançar uma garrafa PET sustentável, a empresa inaugurou sua primeira fábrica verde na América Latina, na última sexta-feira, dia 16, em Maceió. A unidade compreende uma área de 210 mil m², sendo 38 mil m² de área construída inicialmente. A fábrica é construída no conceito de planta verde e está em processo de obtenção da certificação LEED fornecida pelo Green Building Council Brasil.

O terreno foi escolhido em função da proximidade com o comércio e serviço para incentivar os funcionários a deslocarem-se a pé, de bicicletas ou transporte público. A arquitetura foi pensada para diminuir as temperaturas da unidade, que também recebe iluminação natural, reduzindo o gasto de energia. A empresa ainda adotou um plano de controle de poluição da obra e implantou um sistema de uso eficiente de água e redução de uso de água potável. Outra iniciativa foi a utilização de materiais locais na construção, diminuindo a distância do transporte e, consequentemente, a liberação de CO2 na atmosfera.

A fábrica da Conviver Bebidas e Alimentos recebeu um investimento de R$ 90 milhões. A empresa do Sistema Empresarial Constâncio Vieira é uma franquia da Coca-Cola responsável por produzir, engarrafar e distribuir os produtos para Sergipe, Alagoas e parte da Bahia. A unidade aumentará a capacidade de produção em mais de 40% na primeira fase e expandirá ao longo dos próximos cinco anos, tendo capacidade inclusive para abastecer outros mercados do nordeste.