Acompanhe:
seloMarketing

Cadbury perde para Nestlé disputa sobre embalagens

Na sexta-feira, o Tribunal de Apelação de Londres aceitou recurso da Nestlé

Modo escuro

Continua após a publicidade

	Cadbury: marca havia buscado uso exclusivo desse tom específico para os invólucros de suas barras de chocolate
 (Getty Images)

Cadbury: marca havia buscado uso exclusivo desse tom específico para os invólucros de suas barras de chocolate (Getty Images)

D
Da Redação

Publicado em 4 de outubro de 2013 às, 16h08.

Zurique - A Nestlé ganhou o direito de usar um tom específico de roxo em suas embalagens depois que um tribunal britânico rejeitou uma batalha de nove anos da concorrente Cadbury para torná-lo uma marca registrada.

Na sexta-feira, o Tribunal de Apelação de Londres aceitou recurso da Nestlé argumentando que o esforço da Cadbury para transformar o Pantone 2685C - o tom da discórdia - em uma marca tinha escopo tão amplo que poderia impedir outras empresas de usar uma parte do espectro de cores como base em suas embalagens.

A Cadbury, unidade da gigante de alimentos norte-americana Mondelez International, havia buscado uso exclusivo desse tom específico para os invólucros de suas barras de chocolate. A empresa utiliza a cor desde 1914, quando começou a colocar as barras de chocolate Dairy Milk em embalagem roxa como uma homenagem à rainha Victoria.

"Permitir que um registro tão carente de especificidade, clareza e precisão sobre aparência visual ofenderia o princípio da segurança", escreveu o juiz Sir John Mummery, em sua decisão. O juiz disse que isso também constituiria uma "vantagem competitiva" para a Cadbury. A decisão do tribunal significa que a Nestlé, bem como outros fabricantes de chocolate, poderá usar esse tipo de roxo em suas embalagens, desde que isso não crie confusão com os produtos da Cadbury. A Nestlé atualmente não usa esse tom em qualquer invólucro de chocolate.

A Nestlé comemorou a decisão, mas disse que era muito cedo para dizer se a companhia iria começar a introduzir embalagens roxas em qualquer dos itens da linha de produtos de chocolate.

Já a Cadbury disse estar avaliando que ações, incluindo um eventual recurso, poderá tomar no futuro.

A Cadbury havia dado entrada no pedido de registro do tom roxo como uma marca para o seu chocolate em 2004. O pedido foi aceito em 2008. A Nestlé, fabricante de KitKats bem como de chocolates de marca própria, se opôs. Mas a Alta Corte do Reino Unido rejeitou o recurso da empresa em outubro passado, o que levou a outro recurso no Tribunal de Apelação do país.

A batalha não é a primeira entre as duas empresas sobre a aparência de produtos. No início deste ano, a Cadbury havia bloqueado com sucesso a tentativa da Nestlé de fixar a forma das barras de KitKat como uma marca registrada no Reino Unido. A empresa, no entanto, tem marca registrada sobre o formato na União Europeia. A Nestlé entrou com um recurso sobre o assunto ante o Supremo Tribunal do Reino Unido. Fonte: Dow Jones Newswires.

Últimas Notícias

Ver mais
Depois do "back to basics", CVC mira 2 mil lojas
Exame IN

Depois do "back to basics", CVC mira 2 mil lojas

Há um dia

MELHORES E MAIORES 2024: inscrições estão abertas
seloNegócios

MELHORES E MAIORES 2024: inscrições estão abertas

Há 2 dias

Pasta do Comércio da China se compromete a ajudar empresas e a impulsionar demanda doméstica
Economia

Pasta do Comércio da China se compromete a ajudar empresas e a impulsionar demanda doméstica

Há 2 dias

Elon Musk processa OpenAI e Sam Altman por relação com Microsoft
Exame IN

Elon Musk processa OpenAI e Sam Altman por relação com Microsoft

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais