Acompanhe:
seloMarketing

Brasil não vai tão bem na sua estreia em Cannes

Festival de Publicidade de Cannes começou nessa semana, na França, com trabalhos brasileiros na competição

Modo escuro

Continua após a publicidade
Campanha do Hospital do Amor: criada pela WMcCann  (WMcCann/Divulgação)

Campanha do Hospital do Amor: criada pela WMcCann (WMcCann/Divulgação)

G
Gabriel Grunewald, do AdNews

Publicado em 19 de junho de 2018 às, 15h45.

Nesta segunda-feira, (18), deu início o maior festival de criatividade do mundo. Realizado na Riviera Francesa, Cannes é um evento em que o mundo se reúne para celebrar as conquistas no universo publicitário e acompanhar o que será realidade nos próximos anos.

Cercado por polêmicas como a possível saída da WPP da competição, a presença do seu ex-CEO, Martin Sorrell, acusado de mau uso do dinheiro do grupo e por alguns debates sobre a estruturação da competição, Cannes dá o pontapé inicial rodeado por suposições e com uma estreia tímida do Brasil.

Classificação do Brasil no primeiro dia

Na abertura do festival, as categorias se restringiram ao guarda-chuva Health. Desse modo, agências de diversos países competiram nos segmentos Health & Wellness Lions, Lions Health Grand Prix For Good e Pharma Lions.

Com um início sem muito brilho do Brasil, o país conquistou duas pratas e um bronze em Health & Wellness e uma prata em Pharma, amargando a sua pior estreia desde quando esse tipo de categorização foi instituído, em 2014.

Sendo assim, a WMcCann levou a medalha de prata para o uso da música (sound design) no filme “A queda” para o Hospital do Amor que teve a produção do Zombie Studio com trilha da Loud.

A Y&R também “prateou” no pódio com a ação Hemoji pensada para a Santa Casa de São Paulo.

Mais abaixo, a BETC/Havas ficou com o bronze com o seu póster solúvel concebido para proteger a população da dengue:

https://www.youtube.com/watch?v=-ac8oM78shI

Única ganhadora na série Pharma, a NBS levou prata com sua “Histórias de Inalar” feita para a clínica pediátrica Clin Kids.

Estados Unidos e índia levam os dois únicos GPs do dia

Grande vencedor em Health & Wellness, o filme “Corazón – Give Your Heart” de 42 minutos feito pela JohnXHannes de Nova York para o Hospital Montifiori conquistou o júri ao contar a história real de uma mulher que teve a vida salva pela doação de órgãos.

Único ganhador do GP, o filme se destacou entre as 1.482 inscrições na categoria que geraram 39 Leões: 8 Ouros, 12 Pratas e 18 Bronzes.

https://www.youtube.com/watch?v=D1dh8pf6CkU

Em Lions Health Grand Prix For Good a campanha que subiu mais alto na competição foi a “Blind To Speak” da TBW/India, de Mumbai, para a fundação Asha Ek que auxilia as pessoas com paralisia a se comunicar com o restante da sociedade.

[vimeo 266960701 w=640 h=360]

Ao final do dia, as Agências do Ano em Lions Health foram, respectivamente, a Havas Lynx, Area 23 e Langland. Na disputa paralela, as Redes do Ano foram a FCB Health, seguida pela Havas Health e a Pulicis Health.

Conteúdo publicado originalmente no site AdNews.

Últimas Notícias

Ver mais
Coritiba anuncia Diadora como nova fornecedora de material esportivo
seloMarketing

Coritiba anuncia Diadora como nova fornecedora de material esportivo

Há 8 horas

Brasil está entre os 50 países mais influentes do mundo; China ocupa a 3ª posição do ranking
seloMarketing

Brasil está entre os 50 países mais influentes do mundo; China ocupa a 3ª posição do ranking

Há 13 horas

MELHORES E MAIORES 2024: inscrições estão abertas
seloNegócios

MELHORES E MAIORES 2024: inscrições estão abertas

Há 3 dias

Nhoque da Fortuna: Restaurante dará brindes para celebrar a data nesta quinta, 29
seloMarketing

Nhoque da Fortuna: Restaurante dará brindes para celebrar a data nesta quinta, 29

Há 4 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais