Amazon lidera, Google sobe, Apple cai: as marcas mais valiosas do ano

A rede varejista de Bezos é a primeira empresa a exceder a marca de 200 bilhões; bancos brasileiros dominam as 500 mais valiosas

São Paulo — O pódio das 500 marcas mais valiosas do mundo chega a ser um pouco previsível: em primeiro a Amazon, de Jeff Bezos - o homem mais rico do mundo - com 221 bilhões de dólares em valor de marca e mantendo-se líder pelo terceiro ano consecutivo. Em segundo o Google, que subiu uma posição, com 160 bilhões de dólares, seguido pela Apple, em terceiro, com 140 bilhões de dólares.

Os dados fazem parte de um estudo da Brand Finance, consultoria de avaliação de negócios, para o ano de 2020 e traz um número histórico: a varejista de Bezos é também a primeira a exceder a marca de 200 bilhões.

A maioria das empresas presentes no relatório são dos Estados Unidos (45,42%), da China (18,91%) e do Japão (6,85%). O Brasil não aparece na lista dos nove países com mais empresas.

Parte delas também são do setor de tecnologia (14%), seguida por bancos (13,1%) e varejo (11,3%).

Para realizar o estudo, a Brand Finance analisa os investimentos em marketing, patrimônio e contribuições para o desempenho financeiro. É também o ranking mais respeitado do mundo, sendo usado por investidores, empresas e empresários para definir estratégias e ações.

As 20 maiores

Amazon US$ 220,791 bi
Google US$ 159,722 bi
Apple US$ 140,524 bi
Microsoft US$ 117,072 bi
Samsung Group US$ 94,494 bi
ICBC US$ 80,791 bi
Facebook US$ 79,804 bi
Walmart US$ 77,520 bi
Ping An US$ 69,041 bi
Huawei US$ 65,084 bi
Mercedes-Benz US$ 65,041 bi
Verizon US$ 63,692 bi
China Construction Bank US$ 62,602 bi
AT&T US$ 59,103 bi
Toyota US$ 58,076 bi
State Grid US$ 56,965 bi
Disney US$ 56,123 bi
Agricultural Bank Of China US$ 54,658 bi
WeChat US$ 54,146
Bank of China US$ 50,630

As 100 maiores

 (HowMuch/Reprodução)

E as brasileiras?

Ao todo, 500 marcas foram avaliadas. No Brasil, as marcas mais valiosas parecem estar concentradas nos grandes bancos. A primeira brasileira a aparecer na lista é o Itáu, na 298ª posição. O Bradesco ocupa a 308ª, a Caixa Econômica Federal a 428ª posição e o Banco do Brasil a 461ª.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também