Itaúsa (ITSA4) distribuirá R$ 8 bi em dividendos, mas não é a ‘principal fonte’ para investidores

Para Larissa Quaresma, analista da Empiricus Research, apesar da entrega extraordinária de dividendos a companhia é secundária perto da verdadeira fonte

Itaúsa (ITSA4): companhia distribuirá R$ 8 bi em dividendos em 2024, mas não é a ‘principal fonte de dividendos’ para investidores, alerta analista (AndreyPopov/Thinkstock)
Itaúsa (ITSA4): companhia distribuirá R$ 8 bi em dividendos em 2024, mas não é a ‘principal fonte de dividendos’ para investidores, alerta analista (AndreyPopov/Thinkstock)
Empíricus
Empíricus

Conteúdo Promocional

Publicado em 29 de fevereiro de 2024 às 10h33.

Ao que tudo indica, parece que a holding brasileira Itaúsa (ITSA4) vai entrar para a lista de empresas que vão pagar dividendos extraordinários em 2024.

Isso porque o Conselho de Administração da companhia aprovou o pagamento de R$ 8 bilhões de dividendos e Juros sobre Capital Próprio (JCP) aos investidores em 2024.

O valor se refere ao pagamento dos dividendos do exercício de 2023, somados aos proventos adicionais deste mesmo período, de R$ 3,1 bilhões, e aos Juros sobre o Capital Próprio (JCP) no montante líquido de R$ 2,5 bilhões.

Não é preciso dizer que a notícia agradou – e muito – os acionistas da companhia.

Mas, apesar do bom desempenho da companhia, para os analistas da Empiricus Research existe um motivo que faz a holding se tornar uma fonte secundária de dividendos – e o que vale a pena, agora, é investir na “fonte principal”.

Saiba qual ação é a verdadeira ‘fonte de dividendos’

A analista da Empiricus Research Larissa Quaresma explicou, durante o programa Giro do Mercado, por que a holding não é a primeira opção da casa de análise quando o assunto são dividendos.

“A Itaúsa tem como principal fonte de dividendos o Banco Itaú (ITUB4). Quando o banco aumenta a distribuição de dividendos, a Itaúsa recebe mais dividendos e assim consegue repassá-los aos seus acionistas”, explica a analista.

Na prática, a entrega dos proventos bilionários, em grande parte, só ocorre em decorrência dos dividendos extraordinários feitos pelo banco Itaú.

Claro, também vale destacar que outro fator responsável pela “gorda” distribuição foi a venda que a empresa fez da sua participação remanescente na XP Investimentos, no final do ano passado.

Com cerca de R$ 1,7 bilhão em papéis vendidos do Grupo XP, a companhia conseguiu reduzir sua alavancagem (dívida) e assim fazer uma distribuição “completa” de seus lucros aos acionistas. 

E, muito embora a companhia tenha se tornado uma opção para os investidores, ainda assim, segundo Quaresma, a fonte primária dos dividendos continua sendo a melhor opção para investimento.

“Itaúsa se tornar sim uma opção, mas a gente prefere estar na fonte e Itaú vai continuar sendo a principal fonte de dividendos”, afirma Quaresma.

Atualmente, a ação do Itaú participa da lista TOP 5 ações para dividendos da Empiricus Research.

A carteira de ações é voltada para os verdadeiros investidores de dividendos: aqueles com foco no longo prazo, na busca pela “paz de espírito” e por retornos atrativos no mercado.

ALÉM DE ITAÚ (ITUB4): CONHEÇA OUTRAS 4 AÇÕES PARA BUSCAR ‘GORDOS’ DIVIDENDOS

Acesse gratuitamente a lista TOP 5 ações para dividendos e monte seu portfólio

Além do Itaú, existem outras 4 companhias que participam da lista TOP 5 ações para dividendos, todas elas compartilham características como:

  • São líderes em seus setores;
  • Possuem modelos de negócios resilientes ao ciclo econômico doméstico;
  • Contam com um alto nível de liquidez de suas ações;
  • E possuem geração de caixa recorrente.

A lista completa com o nome das ações pode ser encontrada em um relatório gratuito que está sendo oferecido como cortesia pela Empiricus Research, empresa do Grupo BTG Pactual.

Para acessá-lo, é muito simples e fácil, basta clicar no botão abaixo e se cadastrar. Assim que terminar seu cadastro, você receberá um PDF no seu e-mail com o relatório completo.

EU QUERO ACESSAR O RELATÓRIO GRATUITO E DESCOBRIR QUAIS SÃO AS OUTRAS 4 AÇÕES PARA BUSCAR DIVIDENDOS

Lembrando: você não paga um real sequer em todo esse processo, mas pode ter muito a ganhar com as recomendações feitas pelos analistas da casa de análise. Então, aproveite!

* Este conteúdo é apresentado por Empiricus

Acompanhe tudo sobre:branded marketing

Mais de Invest

Receita Federal libera consulta ao lote residual do IR; veja se você recebe

Dólar volta a subir com tensões fiscais e expectativas nos mercados internacionais

Ibovespa opera em alta de olho em Campos Neto, “pauta-bomba” e desdobramentos de Petrobras (PETR4)

Dividendos da Petrobras, Vibra, balanços, IPCA-15 e PCE: os assuntos que movem o mercado

Mais na Exame