Acompanhe:

Bilionário Bill Ackman aposta que o Fed cortará juros já no 1º trimestre

O fundador da Pershing Square Capital Management disse que a guinada de política monetária pode acontecer já no primeiro trimestre

Modo escuro

Continua após a publicidade
Bill Ackman: o que está acontecendo é que a taxa de juro real, que é o que tem impacto na economia, continua aumentando à medida que a inflação diminui (Peter Foley/Bloomberg)

Bill Ackman: o que está acontecendo é que a taxa de juro real, que é o que tem impacto na economia, continua aumentando à medida que a inflação diminui (Peter Foley/Bloomberg)

O investidor bilionário Bill Ackman aposta que o Federal Reserve começará a cortar juros mais cedo do que o mercado prevê.

O fundador da Pershing Square Capital Management disse que a guinada de política monetária pode acontecer já no primeiro trimestre. O mercado está cada vez mais otimista, mas não tanto quanto Ackman. Nesta quarta-feira, os juros futuros americanos já passaram a precificar quase 100% de chance de um primeiro corte de 0,25 ponto percentual em maio, ante cerca de 65% há apenas uma semana.

“O que está acontecendo é que a taxa de juro real, que é o que tem impacto na economia, continua aumentando à medida que a inflação diminui”, diz Ackman em um episódio do programa The David Rubenstein Show: Peer-to-Peer Conversations, da Bloomberg. 

Ackman disse que se o Fed mantiver a taxa básica na faixa de aproximadamente 5,5% quando a inflação cair abaixo de 3%, “isso é uma taxa de juro real muito alta”.

Ackman, de 57 anos, fundou a Pershing Square em 2004. O gigante de investimentos, com US$ 17 bilhões sob gestão, fez seu nome no ativismo de acionistas, mas Ackman disse que prefere pensar em sua equipe como “proprietários engajados” dos negócios em que investem.

A empresa fez uma série de apostas macro ao longo dos anos. No mês passado, Ackman mexeu com mercado quando disse que a empresa havia desmontado sua posição vendida contra os Treasuries americanos e que esperava uma queda das taxas, como de fato aconteceu. O yield do título de dez anos já afundou 0,64 ponto percentual neste mês com a apreciação das notas.

Ackman disse a Rubenstein que não está convencido de que a economia dos EUA esteja caminhando para um pouso suave, sem provocar uma recessão.

“Acho que existe um risco real de um pouso forçado se a Fed não começar a cortar juros muito em breve”, disse Ackman, acrescentando que vê evidências de um enfraquecimento da economia.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Essas 3 ações pagam dividendos mensais; veja como investir
seloOnde Investir

Essas 3 ações pagam dividendos mensais; veja como investir

Há 3 dias

Melhores do Mercado: conheça as gestoras premiadas em 2024
seloOnde Investir

Melhores do Mercado: conheça as gestoras premiadas em 2024

Há 3 dias

Veja quanto você teria agora se tivesse investido US$ 1.000 na Nvidia há um ano
seloOnde Investir

Veja quanto você teria agora se tivesse investido US$ 1.000 na Nvidia há um ano

Há 4 dias

Ifix renova suas máximas; quais os melhores FIIs para investir agora?
seloOnde Investir

Ifix renova suas máximas; quais os melhores FIIs para investir agora?

Há 5 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais