Invest

Nubank lança função débito automático nesta terça-feira

Os clientes da fintech poderão programar as contas em débito e serão notificados com antecedência caso o valor seja ultrapassado

Nubank: na plataforma é possível escolher quais contas automatizar e coordenar datas e valores a serem pagos em cada uma (Nubank/Divulgação)

Nubank: na plataforma é possível escolher quais contas automatizar e coordenar datas e valores a serem pagos em cada uma (Nubank/Divulgação)

Karla Mamona

Karla Mamona

Publicado em 14 de setembro de 2021 às 11h35.

O Nubank anunciou nesta terça-feira, 14, o lançamento de uma plataforma que permite programar o pagamento de contas recorrentes em débito automático e receber notificações em caso de eventualidades, como falta de saldo ou aumento do valor da conta. A nova funcionalidade começa a ser disponibilizada hoje e deve chegar a toda a base ao longo das próximas semanas. 

A novidade está disponível tanto para clientes físicos quanto jurídicos. Na plataforma é possível escolher quais contas automatizar e coordenar datas e valores a serem pagos em cada uma. Atualmente, é possível colocar em débito automático contas de consumo (como água, luz, telefone e internet), mas, segundo a fintech, em breve, a ferramenta deverá incluir o controle sobre outros pagamentos e transferências recorrentes para garantir tranquilidade completa aos usuários.

Os usuários poderão ainda definir um valor máximo para a despesa e serão notificados com antecedência caso o valor seja ultrapassado, para que possam avaliar se trata-se de uma cobrança devida ou solicitar a correção do valor junto ao prestador de serviço antes do pagamento ser efetuado. 

Além disso, caso não haja saldo disponível para o pagamento, o cliente será avisado com antecedência para que possa adicionar em sua conta o valor necessário. É possível suspender temporariamente ou cancelar definitivamente os pagamentos automáticos sempre que necessário, com poucos toques e em tempo real.

"Os brasileiros perdem muito tempo pagando suas contas todos os meses. Ao oferecer uma solução que centraliza e funciona como um piloto automático para esses pagamentos recorrentes, queremos dar aos clientes a oportunidade de ter uma experiência mais simples do que as oferecidas no mercado atualmente. Além de oferecer a tranquilidade que eles precisam para focar no que realmente importa, com a confiança de que vamos avisá-los caso algo fuja do esperado", afirma Cristina Junqueira, cofundadora do Nubank.

Acompanhe tudo sobre:cartoes-de-debitoConsumidoresContasdireito-do-consumidorFintechsNubank

Mais de Invest

Entenda a nova tributação de investimentos no exterior

O que é Price Action? Entenda como funciona a técnica

Como funciona um seguro patrimonial? Entenda tudo

Quanto rende R$ 5 milhões na poupança? Veja agora

Mais na Exame