Invest

Justiça Federal libera quase R$ 2,4 bilhões para pagamentos atrasados do INSS; veja como consultar

Do valor total liberado, R$ 2,37 bilhões são de atrasados de segurados

INSS: depósito dos valores liberados segue cronograma próprio de cada Tribunal Regional Federal (Agência Brasil/Agência Brasil)

INSS: depósito dos valores liberados segue cronograma próprio de cada Tribunal Regional Federal (Agência Brasil/Agência Brasil)

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 23 de abril de 2024 às 15h13.

Tudo sobreAposentadoria pelo INSS
Saiba mais

O Conselho da Justiça Federal (CJF) liberou R$ 3,01 bilhões em pagamentos de Requisições de Pequeno Valor (RPVs) autuadas em março de 2024. Isso quer dizer que aqueles que ganharam ações na Justiça contra a União ou suas entidades no mês passado, no valor de até 60 salários mínimos (R$ 84.720), podem ter direito a sacar os valores. São 195.584 processos de 242.100 beneficiários.

Do valor total liberado, R$ 2,37 bilhões são de atrasados de segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Estão incluídas, por exemplo, revisões de aposentadorias, auxílios-doença, pensões e outros benefícios, que somam 109.764 processos, com 142.273 beneficiários.

O depósito dos valores liberados segue cronograma próprio de cada Tribunal Regional Federal. O dia em que as contas serão liberadas para saque deve ser conferido na consulta de RPVs, disponível no portal do Tribunal Regional Federal responsável, esclarece o CJF.

Como consultar?

O beneficiário deve consultar a situação no portal do Tribunal Regional Federal responsável pelo processo. Na consulta, é preciso informar o número do processo, o nome do advogado(a) e outros dados que variam entre os TRFs, como o número do CPF do autor.

Veja os valores liberados por região:

  • TRF da 1ª Região (Sede no DF, com jurisdição no DF, GO, TO, MT BA, PI, MA, PA, AM, AC, RR, RO e AP).
  • Geral: R$ 1.246.038.514,14.
  • Previdenciárias/Assistenciais: R$ 1.014.935.895,44 (48.899 processos, com 58.062 beneficiários).
  • TRF da 2ª Região (sede no RJ, com jurisdição no RJ e ES).
  • Geral: R$ 240.457.508,44.
  • Previdenciárias/Assistenciais: R$ 190.657.905,30 (8.069 processos, com 11.234 beneficiários).
  • TRF da 3ª Região (sede em SP, com jurisdição em SP e MS).
  • Geral: R$ 565.808.147,24.
  • Previdenciárias/Assistenciais: R$ 347.941.592,33 (11.230 processos, com 14.084 beneficiários).
  • TRF da 4ª Região (sede no RS, com jurisdição no RS, PR e SC).
  • Geral: R$ 586.038.379,49.
  • Previdenciárias/Assistenciais: R$ 508.312.925,16 (25.489 processos, com 32.571 beneficiários).
  • TRF da 5ª Região (sede em PE, com jurisdição em PE, CE, AL, SE RN e PB).
  • Geral: R$ 368.823.900,15.
  • Previdenciárias/Assistenciais: R$ 302.104.449,30 (15.248 processos, com 25.431 beneficiários).
  • TRF da 6ª Região (sede em MG, com jurisdição em MG).
  • Geral: R$ 9.722.449,72.
  • Previdenciárias/Assistenciais: R$ 9.631.500,80 (829 processos, com 891 beneficiários).
Acompanhe tudo sobre:INSSGoverno LulaLuiz Inácio Lula da Silva

Mais de Invest

Quanto rende 500 mil a 100% do CDI?

Quanto rende R$ 1 milhão? Poupança, Tesouro Selic, IPCA+, e mais...

Quanto rendem R$ 100 mil na poupança?

Quanto rendem R$ 2 milhões na poupança? Veja valor por mês e comparação com outros investimentos

Mais na Exame