Invest

Feirão Serasa Limpa Nome dá desconto de até 99% das dívidas; veja como participar

Os consumidores que quitarem suas dívidas por meio do Pix terão o nome limpo na hora

Serasa: evento terá a participação de mais de 500 empresas (boonchai wedmakawand/Getty Images)

Serasa: evento terá a participação de mais de 500 empresas (boonchai wedmakawand/Getty Images)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 25 de outubro de 2023 às 12h33.

Última atualização em 25 de outubro de 2023 às 16h34.

Os consumidores que têm dívidas e nome sujo terão uma nova oportunidade para organizar a vida financeira. Entre os dias 30 de outubro e 30 de novembro acontecerá Feirão Serasa Limpa Nome. O evento terá a participação de mais de 500 empresas, entre bancos, financeiras, comércio, varejistas, operadoras de telefonia e securitizadoras, descontos de Desenrola e adesão de empresas de energia, como Enel e Light.

Segundo a Serasa, serão disponibilizados descontos de até 99% e mais de 530 milhões de ofertas de dívidas disponíveis para negociação online. Os consumidores que quitarem suas dívidas por meio do Pix terão o nome limpo na hora.

Descontos de Desenrola e atraso na conta de luz

As empresas que aderiram ao Desenrola Brasil, programa de renegociação de dívidas do governo, disponibilizam também na plataforma da Serasa ofertas com os mesmos descontos do Programa. Entretanto, no Feirão, as ofertas do Desenrola devem ser pagas somente à vista.

Além das empresas tradicionais, que todos os anos aumentam os percentuais de descontos no período do Feirão Limpa Nome, esta edição traz novos parceiros. A partir da incorporação da fintech Flexpag ao portfólio da Serasa, os consumidores poderão pagar suas contas atrasadas de energia da Enel, que atende consumidores de São Paulo, Rio de Janeiro e Ceará, e da Light, concessionária do Rio de Janeiro.

Como participar do Feirão Limpa Nome do Serasa? 

Os consumidores podem acessar as ofertas do Feirão Serasa Limpa Nome, com descontos e condições especiais a partir do site e do app Serasa, disponível para download na App Store e Google Play. Confira o passo a passo:

Faça o download do aplicativo da Serasa no celular (disponível para Android e iOS), digite o seu CPF e preencha um breve cadastro. Ao acessar a plataforma, todas as informações financeiras do consumidor já aparecerão na tela.  

1º Passo – Baixe o app: 

Faça o download do aplicativo da Serasa no celular (disponível para Android e iOS), digite o seu CPF e preencha um breve cadastro. Ao acessar a plataforma, todas as informações financeiras do consumidor já aparecerão na tela.

2º Passo – Escolha a oferta: 

Após selecionar a opção “Ver ofertas”, é possível verificar as condições oferecidas para pagamento com o desconto do Serasa Limpa Nome já aplicado. Basta clicar em uma das dívidas disponíveis e serão apresentadas as opções para renegociar cada débito. Para fazer um acordo, clique no campo “Negociar” de cada uma das ofertas”.

3 º Passo – Revise e finalize o acordo:

Escolha a opção que desejar e a forma de pagamento de sua preferência. Caso seja boleto, você pode copiar o código, baixar ou solicitar o envio via WhatsApp. Se optar pela opção do Pix, selecione o dia para vencimento e a quantidade de parcelas desejada. Depois, confirme as informações, revisando todas as condições apresentadas, e clique em “Concluir acordo”.

4º Passo – Faça o pagamento do acordo:  

Ao fechar seu acordo, você deve realizar o pagamento de acordo com as condições definidas na etapa anterior. Para pagar com o Pix, clique em “Copiar chave Pix” e cole no aplicativo da instituição bancária para prosseguir.

Feirão Limpa Nome Serasa 2023 vai até que dia?

Entre os dias 30 de outubro e 30 de novembro acontecerá Feirão Serasa Limpa Nome.

Acompanhe tudo sobre:ConsumidoresPIXDívidas pessoaisDívidasSerasa Experian

Mais de Invest

Veja o resultado da Mega-Sena, concurso 2726; prêmio é de R$ 30 mi

Devedores têm último fim de semana para aderir ao Desenrola Brasil

Para acelerar atendimento a benefícios sociais, Caixa abre 17 agências no RS no sábado e domingo

Sem ‘abocanhada’ do leão: analista recomenda 4 ativos de renda fixa que pagam até IPCA + 7,1%

Mais na Exame