Acompanhe:

Dúvida do leitor: após o falecimento do meu marido, recebi um comunicado da operadora do plano de saúde dizendo que não terei mais cobertura do plano porque o titular do contrato faleceu. Me ofertaram a possibilidade em contratar um novo plano, com carência e valores de mensalidade muito alto. Como devo agir para manter o plano que eu tinha?

No caso de morte do titular, muitos contratos de planos de saúde contém a chamada “cláusula de remissão”. Ou seja, um período predeterminado em que os dependentes podem continuar com o plano após morte do titular.

Encerrado o prazo de remissão, e de acordo com a Súmula Normativa nº 13 da Agência Nacional de Saúde Suplementar, os dependentes de plano de saúde individuais e familiares têm garantida a sua permanência no plano com a morte de seu titular após o término deste período. Ou seja, os dependentes assumem o pagamento das mensalidades e têm garantido o direito de manutenção do plano nas mesmas condições contratuais.

Este entendimento se aplica também aos planos coletivos (aqueles firmados por meio de associações de classe, sindicatos, etc).

Para conseguir este benefício o dependente deverá procurar a operadora do plano de saúde e pleitear expressamente, mediante protocolo, a manutenção do preço das mensalidades e as características, para que o usuário tenha prova da solicitação. No caso de dúvidas de como proceder, o ideal é procurar um advogado especialista na área, que indicará a forma correta para fazer essa solicitação e evitar que alguma formalidade não cumprida invalide o pedido.

Importante destacar que, caso os dependentes encontrem resistência por parte das operadoras para manter o plano, podem recorrer ao Judiciário para garantir este direito.

Tem alguma dúvida sobre plano de saúde? Envie suas perguntas para exameinvest@exame.com

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Resultado da Mega-Sena concurso 2.690; prêmio é de R$ 86,7 milhões
seloMinhas Finanças

Resultado da Mega-Sena concurso 2.690; prêmio é de R$ 86,7 milhões

Há 8 horas

Receita alerta microempreendedor sobre erro na declaração anual
seloMinhas Finanças

Receita alerta microempreendedor sobre erro na declaração anual

Há 13 horas

FGTS terá novas regras para aliviar prestações da casa própria
seloMinhas Finanças

FGTS terá novas regras para aliviar prestações da casa própria

Há 17 horas

CNSP aprimora regulamentação de planos de previdência complementar aberta
seloMinhas Finanças

CNSP aprimora regulamentação de planos de previdência complementar aberta

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais