Mercados

Starbucks anuncia fechamento de lojas e ações caem quase 10%

A companhia também reduziu sua previsão de crescimento de vendas para o terceiro trimestre

Starbucks: rede fechará 150 unidades nos Estados Unidos (Getty Images/Divulgação)

Starbucks: rede fechará 150 unidades nos Estados Unidos (Getty Images/Divulgação)

Karla Mamona

Karla Mamona

Publicado em 20 de junho de 2018 às 15h29.

São Paulo - As ações do Starbucks registravam queda de 9,66% na Nasdaq na tarde desta quarta-feira. Os papéis eram negociados na casa dos 51 dólares.

A rede de cafeterias anunciou, na última terça-feira, que fechará 150 lojas com baixo desempenho nos Estados Unidos.

A companhia também reduziu sua previsão de crescimento de vendas para o terceiro trimestre. Anteriormente, a expectativa era que as vendas aumentassem entre 3% e 5%. Agora, o esperado é que as vendas cresçam 1%.

Após o anúncio, o Morgan Stanley cortou a recomendação das ações do Starbucks e apontou preço-alvo de 59 dólares por ação, abaixo do preço médio das ações de 61 dólares.

O fechamento das unidades é quase o triplo da média de encerramento dos últimos anos. Além disso, a companhia informou que pretende diminuir o crescimento de lojas licenciadas em aeroportos, supermercados e varejistas.

 

Acompanhe tudo sobre:bolsas-de-valoresEstados Unidos (EUA)Mercado financeiroNasdaqStarbucks

Mais de Mercados

Cenário é potencialmente o mais perigoso desde a 2ª Guerra, diz Jamie Dimon, CEO do J.P. Morgan

Bancos abrem temporada de balanços em queda nos EUA; Wells Fargo despenca 7%

Ibovespa sobe pelo 10º pregão seguido e fecha próximo dos 129 mil pontos

Balanços de bancos americanos, PPI dos EUA e pesquisa de serviços do Brasil: o que move o mercado

Mais na Exame