Mercados

Sobe custo de seguro da dívida soberana europeia

Também cresceu a cautela entre os investidores antes da reunião dos ministros de Finanças da zona do euro

EXAME.com (EXAME.com)

EXAME.com (EXAME.com)

DR

Da Redação

Publicado em 29 de novembro de 2011 às 07h13.

São Paulo - O custo do seguro da dívida soberana europeia contra default aumentou nesta manhã, à medida que cresceu a cautela entre os investidores antes da reunião dos ministros de Finanças da zona do euro (Eurogrupo) que pretende finalizar os planos para ampliar o fundo de resgate da região.

Por volta das 6h30 (de Brasília), o spread (prêmio) dos swaps de default de crédito (CDS) de cinco anos da Alemanha subia 2 pontos-base, para 113 pontos-base, a 3 pontos-base do recorde de 116 pontos-base atingido no dia 25, segundo dados da Markit. O spread dos CDS de cinco anos da França aumentava 5 pontos-base, para 240 pontos-base.

Os spreads dos CDS da Espanha e da Itália também subiam. O espanhol tinha alta de 7 pontos-base, para 473 pontos-base, e o italiano avançava 8 pontos-base, para 540 pontos-base. O spread do CDS da Bélgica, por sua vez, aumentava 4 pontos-base, para 381 pontos-base, enquanto o da Irlanda subia 6 pontos-base, para 754 pontos-base, e o de Portugal operava estável a 1.094 pontos-base. As informações são da Dow Jones.

Acompanhe tudo sobre:CâmbioCDSDívida públicaEuroEuropaMoedasUnião Europeia

Mais de Mercados

O que esperar do mercado após ataque a Trump

Cenário é potencialmente o mais perigoso desde a 2ª Guerra, diz Jamie Dimon, CEO do J.P. Morgan

Bancos abrem temporada de balanços em queda nos EUA; Wells Fargo despenca 7%

Ibovespa sobe pelo 10º pregão seguido e fecha próximo dos 129 mil pontos

Mais na Exame