Mercados

Na China, iuane segue PBoC e fecha em baixa frente ao dólar

No encerramento da sessão em Xangai, o dólar estava em 6,6337 iuanes, acima dos 6,6300 iuanes do fim das transações de segunda-feira

Iuane: PBoC estabeleceu a chamada taxa de paridade de hoje em 6,6356 iuanes por dólar, ante 6,6271 iuanes na sessão anterior (Getty Images)

Iuane: PBoC estabeleceu a chamada taxa de paridade de hoje em 6,6356 iuanes por dólar, ante 6,6271 iuanes na sessão anterior (Getty Images)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 21 de novembro de 2017 às 08h28.

Pequim - O iuane fechou em queda frente ao dólar nesta terça-feira, após o Banco do Povo da China (PBoC, na sigla em inglês) orientar a moeda chinesa para baixo por meio da taxa de referência diária que baliza os negócios no câmbio.

No encerramento da sessão em Xangai, o dólar estava em 6,6337 iuanes, acima dos 6,6300 iuanes do fim das transações de segunda-feira.

O PBoC estabeleceu a chamada taxa de paridade de hoje em 6,6356 iuanes por dólar, ante 6,6271 iuanes na sessão anterior.

Pelas regras do BC chinês, o iuane pode variar até 2% diariamente, para cima ou para baixo, em relação à taxa de paridade.

Acompanhe tudo sobre:ChinaIuaneMercado financeiroMoedas

Mais de Mercados

Por que Argentina de Milei tem animado o mercado, apesar de inflação recorde e retração

Após balanço, Nvidia (NVDC34) já vale mais que Amazon (AMZO34) e Tesla (TSLA34) juntas

Bolsas da Europa fecham sem sinal único, com cautela por política monetária

Gol (GOLL4) e Azul (AZUL4) disparam mais de 10% após anúncio de parceria para voos no Brasil

Mais na Exame