Acompanhe:

O ministro de Energia da Arábia Saudita, o príncipe Abdulaziz bin Salman, afirmou nesta segunda-feira, 4, que "acredita honestamente" que os integrantes da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (Opep+) entregarão os cortes de 2,2 milhões de barris por dia (bpd) anunciados na semana passada.

Em entrevista à Bloomberg TV, às margens da COP28, o ministro afirmou que o cartel tomou uma postura cautelosa ao sinalizar ao mercado de que os planos de oferta ocorrerão de maneira gradual.

"Como não sabemos qual será a situação do mercado em janeiro, fevereiro e março, quisemos ser cuidadosos com a linguagem que usamos", disse.

Bin Salman ressaltou ainda que os cortes "absolutamente" poderiam ser estendidos para além do primeiro trimestre, de acordo com a Bloomberg.

Os comentários acontecem em meio a especulações entre investidores de que a Opep+ teria dificuldades para cumprir a redução anunciada.

Para a Rystad Energy, o grupo frustrou expectativas ao estabelecer um plano de curto prazo, sem aparente consenso entre os membros.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Nvidia supera as expectativas (que já eram altas) e lucro dispara 779% no 4º trimestre
seloMercados

Nvidia supera as expectativas (que já eram altas) e lucro dispara 779% no 4º trimestre

Há 3 horas

Bolsas da Europa fecham em alta; Londres destoa e cai, fustigada por HSBC
seloMercados

Bolsas da Europa fecham em alta; Londres destoa e cai, fustigada por HSBC

Há 6 horas

'Boa evolução': Weg (WEGE3) surpreende no 4T23 e ações disparam mais de 6%
seloMercados

'Boa evolução': Weg (WEGE3) surpreende no 4T23 e ações disparam mais de 6%

Há 8 horas

Gerdau (GGBR4) tem ‘resultado fraco’ no 4T23 - como esperado - e ações sobem no Ibovespa
seloMercados

Gerdau (GGBR4) tem ‘resultado fraco’ no 4T23 - como esperado - e ações sobem no Ibovespa

Há 10 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais