Invest

Lucro da BlackRock cresce 36% e atinge US$ 1,57 bilhão no 1º trimestre

Resultado do balanço foi divulgado na manhã desta sexta-feira, 12, antes da abertura do mercado

BlackRock: instituição financeira americana vê lucro líqudio triplicar no 1T24 (Shannon Stapleton/Reuters)

BlackRock: instituição financeira americana vê lucro líqudio triplicar no 1T24 (Shannon Stapleton/Reuters)

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 12 de abril de 2024 às 07h59.

Última atualização em 12 de abril de 2024 às 08h04.

A BlackRock teve lucro líquido de US$ 1,57 bilhão no primeiro trimestre de 2024 (ou US$ 10,48 por ação), 36% maior do que o ganho de US$ 1,16 bilhão obtido no mesmo período do ano passado.

O resultado foi divulgado na manhã desta sexta-feira, 12, antes da abertura do mercado. Com ajustes, o lucro por ação entre janeiro e março foi de US$ 9,81, acima do consenso da FactSet, de US$ 9,39.

A receita trimestral da maior gestora de ativos do mundo avançou 11% em comparação a um ano antes, a US$ 4,73 bilhões.

No fim de março, a BlackRock tinha US$ 9,09 trilhões em ativos sob sua administração, ante cerca de US$ 10 trilhões em dezembro. Nos negócios do pré-mercado em Nova York, a ação da BlackRock avançava 2,5% às 7h15 (horário de Brasília).

Acompanhe tudo sobre:BlackRockBalanços

Mais de Invest

Por que Argentina de Milei tem animado o mercado, apesar de inflação recorde e retração

Após balanço, Nvidia (NVDC34) já vale mais que Amazon (AMZO34) e Tesla (TSLA34) juntas

Senacon notifica 20 operadoras de planos de saúde por cancelamentos de contratos; veja lista

Febraban orienta clientes a dar prioridade a canais digitais por tragédia no Rio Grande do Sul

Mais na Exame