HP (HPQB34) vai demitir até 6 mil funcionários

O número representa cerca de 12% da força de trabalho total da produtora de computadores
HP (HP/Exame)
HP (HP/Exame)
Carlo Cauti
Carlo CautiPublicado em 22/11/2022 às 19:19.

A fabricante de computadores HP (HPQB34) informou nesta terça-feira, 22, que planeja cortar de 4 mil até 6 mil funcionários nos próximos três anos.

A produtora de PC é apenas a mais recente empresa de tecnologia a anunciar sua intenção de reduzir o orgânico devido aos desafios econômicos. A Meta (M1TA34), dona do Facebook, a Microsoft (MSFT34), o Twitter e a Salesforce estão entre as empresas que já realizaram cortes semelhantes.

As demissões representam cerca de 12% do número total de funcionários da produtora de computadores. Em outubro de 2021, cerca de 51 mil pessoas trabalhavam na HP.

HP (HPQB34) enfrenta momento conturbado com queda de faturamento 

A HP está enfrentando uma queda nas vendas de computadores após o fim da pandemia de Covid-19. Durante a fase mais aguda da doença, as vendas dispararam pois as pessoas compraram computadores para trabalhar e jogar em suas casas.

A receita do terceiro trimestre, encerrado em 31 de outubro, caiu 0,8% na comparação anual, chegando para US$ 14,80 bilhões. A receita no segmento de sistemas pessoais, que inclui PCs, caiu 13%, para US$ 10,3 bilhões, enquanto as unidades caíram 21%. A receita do consumidor no segmento caiu 25%. A receita com as impressoras caiu 7%, com as vendas que recuaram 3%, e chegou em US$ 4,5 bilhões.

Em um comunicado , a HP informou que seu plano "Trasformação Pronta para o Futuro” deverá resultar em economias brutas anuais de US$ 1,4 bilhão ou mais nos próximos três anos, com cerca de US$ 1 bilhão em custos, incluindo a reestruturação do número de funcionários.

A HP informou que essas ações deverão terminar até o final do ano fiscal de 2025. 

As ações da HP estão em alta de 1,12% nas negociações pós-mercado. Desde o começo do ano, os papéis da produtora de computadores caíram 22,272%