Saiba como calcular a receita líquida de uma empresa

Receita líquida é uma métrica financeira fundamental para se avaliar quando se analisa uma empresa na bolsa de valores
 (Getty/Getty Images)
(Getty/Getty Images)
D
Da RedaçãoPublicado em 08/07/2022 às 18:00.

Compreender o que é receita líquida e qual sua importância para uma empresa é fundamental para todos os que querem começar a investir.

O que é receita líquida?

Receita líquida consiste na quantidade de dinheiro que uma companhia gerou através de suas atividades produtivas. Ou seja: quanto uma empresa consegue fazer vendo seus produtos e/ou serviços. É uma importante métrica para empreendedores e para investidores da bolsa de valores.

Essa métrica está presente nas demonstrações financeiras de uma empresa, mostrando o valor de receita já com os descontos devidos.

De fato, muitos empreendedores que entendem o significado de receita líquida conseguem ver a eficiência de suas empresas e, com isso, buscam aumentar sua rentabilidade.

Além disso, investidores usam a receita líquida para ver se uma empresa tem alta rentabilidade e se, com isso, são boas opções de investimento em renda variável.

Para que serve a receita líquida?

A receita líquida permite avaliar quanto uma empresa fica de receita após as deduções que ocorrem. Ou seja: mostra, de fato, qual foi a receita da empresa.

Por exemplo: se uma empresa tem uma receita bruta muito grande e, depois de retiradas as deduções, ficar com uma receita líquida baixa, pode haver algum problema de gestão.

Sendo assim, os responsáveis pela companhia podem buscar formas de deixar a companhia mais eficiente operacionalmente, melhorando seus indicadores.

Além disso, investidores podem verificar se uma companhia tem uma boa gestão, verificando se vale a pena alocar capital em um investimento.

Por isso, avaliar a receita líquida é fundamental para donos de negócios e investidores, sejam institucionais ou pessoa física, independente do seu perfil de investidor.

Como calcular a receita líquida?

Ainda que muitos achem que isso seja um desafio, calcular receita líquida não requer cálculos muito complexos e pode ser feito de forma simples.

Entretanto, quem deseja calcular deve ter alguns dados em mente, como a receita bruta da companhia e todas as deduções que ocorrem (devoluções, compras canceladas, etc.). A equação é a seguinte:

Receita Líquida = Receita Bruta - Deduções

Por exemplo: caso uma empresa possua um faturamento de R$ 1 milhão, mas suas deduções cheguem até R$ 200 mil, a receita líquida será de R$ 800 mil (ou seja, as deduções chegam a 20%).

Entretanto, o investidor iniciante que está aprendendo a investir com pouco dinheiro deve saber que vários fatores influenciam a receita líquida, como o setor de atuação da companhia, market share, gestão operacional e outros.

Como analisar a receita líquida de uma empresa?

Analisar receita líquida é algo que muitos investidores fazem na tomada de decisões de investir em um ativo.

Sendo assim, é preciso avaliar a geração de fluxo de caixa de uma empresa, um demonstrativo financeiro que companhias na bolsa de valores devem compartilhar com seus investidores.

Esse demonstrativo pode ser avaliado lendo a demonstração de resultado do exercício (DRE). Assim, vendo o quanto resta na receita líquida de uma empresa após as deduções, é possível saber seu resultado.

Além disso, pode-se ver vários outros indicadores financeiros da empresa, como lucro bruto, lucro líquido e outros, gerando uma avaliação mais completa.

Dessa forma, o investidor pode avaliar se uma ação ou um fundo imobiliário é um bom negócio para se investir – sempre considerando esse e outros fatores.

Qual a diferença entre receita líquida e receita bruta?

Uma vez que receita bruta e receita líquida estão muito relacionadas, é comum que investidores se confundam na hora de entender do que se trata cada métrica.

Primeiramente, como o artigo já abordou, a receita líquida é a geração de receita da empresa depois das deduções, como devoluções, cancelamentos e outros custos.

Por outro lado, a receita bruta consiste na geração de receita de uma companhia antes das deduções. Ou seja, ajuda a entender o quanto uma empresa gera de resultado considerando as deduções.

E, de fato, apresentar todas essas métricas é algo fundamental. Isso ajuda a ter uma ideia mais completa de como uma empresa está performando em suas atividades.

Ainda que esse tipo de avaliação pareça complexo em um primeiro momento, observar essas métricas é interessante até mesmo para os iniciantes no mundo dos investimentos, pois eles entenderão como o mercado funciona.

Você ainda tem algum questionamento sobre a receita líquida e o que ela significa? Confira outros conteúdos como esse em nosso Guia de Investimentos, como:

O que é taxa Selic?
O que é IPCA acumulado?
O que é IOF?