Invest

CEOs de Warner e Paramount discutem possível fusão

Os executivos abordaram a ideia de um acordo, mas não há negociações formais entre as empresas

A Paramount tem seu próprio grande estúdio e um conjunto de canais a cabo como MTV, Nickelodeon e Comedy Central, bem como a emissora CBS e o serviço de streaming Paramount+ (PATRICK T. FALLON/Getty Images)

A Paramount tem seu próprio grande estúdio e um conjunto de canais a cabo como MTV, Nickelodeon e Comedy Central, bem como a emissora CBS e o serviço de streaming Paramount+ (PATRICK T. FALLON/Getty Images)

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 21 de dezembro de 2023 às 09h36.

Última atualização em 21 de dezembro de 2023 às 09h40.

Os CEOs de Warner Bros. Discovery, David Zaslav, e Paramount, Bob Bakish, se reuniram, nesta semana, para discutir uma possível fusão entre as gigantes da mídia dos EUA, disseram fontes familiarizadas com o assunto.

Os executivos abordaram a ideia de um acordo, mas não há negociações formais entre as empresas.

A Warner possui seu estúdio homônimo, redes de TV a cabo como CNN, TNT, HBO e HGTV, e um serviço de streaming, Max, que apresenta grande parte desse conteúdo.

A Paramount tem seu próprio grande estúdio e um conjunto de canais a cabo como MTV, Nickelodeon e Comedy Central, bem como a emissora CBS e o serviço de streaming Paramount+.

Dentro da Warner, Zaslav não esconde seu interesse em explorar um acordo com a Paramount, que poderia adicionar mais programação ao serviço Max e trazer grandes direitos esportivos da NFL.

Um acordo, entre a Paramount e a Warner, no entanto, poderia enfrentar desafios regulatórios significativos.

O interesse da Warner surge no momento em que a National Amusements, controladora da Paramount Global, explora uma venda e mantém discussões com a Skydance Media e o investidor RedBird Capital.

Em meio à notícia, a ação da Warner subia 1,20% no pré-mercado da Nasdaq, mas a da Paramount caía 0,06%, por volta das 9 horas (de Brasília). Fonte: Dow Jones Newswires.

Acompanhe tudo sobre:Warneracordos-empresariais

Mais de Invest

Por que Argentina de Milei tem animado o mercado, apesar de inflação recorde e retração

Após balanço, Nvidia (NVDC34) já vale mais que Amazon (AMZO34) e Tesla (TSLA34) juntas

Senacon notifica 20 operadoras de planos de saúde por cancelamentos de contratos; veja lista

Febraban orienta clientes a dar prioridade a canais digitais por tragédia no Rio Grande do Sul

Mais na Exame