Acompanhe:

Cade aprova fusão entre brMalls (BRML3) e Aliansce Sonae (ALSO3)

Estimativa é de que combinação de negócios seja concluída apenas no início de 2023

Shopping Villa Lobos, da brMalls (brMalls/Divulgação)

Shopping Villa Lobos, da brMalls (brMalls/Divulgação)

Guilherme Guilherme
Guilherme Guilherme

18 de novembro de 2022, 08h39

O Cade aprovou a combinação de negócios entre brMalls (BRML3) e Aliansce Sonae (ALSO3). A previsão de ambas as companhias, no entanto, é de que o processo de fusão seja finalizado apenas em janeiro de 2023, já que ainda há condições suspensivas sendo concluídas. Até lá, as duas empresas permanecerão atuando de forma independente.

A companhia formada pela união de brMalls e Aliansce Sonae irá formar a maior companhia de shoppings centers da América Latina, com 69 shoppings e cerca de 13.000 lojas, com aproximadamente 60 milhões de visitantes por mês.

A operação envolve o pagamento em dinheiro por parte da Aliansce Sonae de R$ 1,25 bilhão mais a entrega de 326,3 milhões de ações da companhia. A quantidade representa a substituição de 1 ação ordinária da brMalls para cada 0,394 ação ordinária da Aliansce Sonae.

A entrega de ações aos acionistas da brMalls representa cerca de 55,13% do capital social da nova companhia formada pela combinação de negócios. A Aliansce Sonae, no entanto, tem 11,2% da brMalls, sendo uma das mais beneficiadas pela entrega de ações de emissão própria.