BRF anuncia follow-on, acordo GPA-Assaí e o que move o mercado

Gigante de carnes pretende levantar mais de R$ 6 bilhões com oferta; bolsas na Europa abrem a sexta-feira em queda
BRF anuncia ao mercado que pretende fazer uma oferta de ações de mais de 6 bilhões de reais | Foto: Victor Moriyama/Bloomberg (Victor Moriyama/Bloomberg)
BRF anuncia ao mercado que pretende fazer uma oferta de ações de mais de 6 bilhões de reais | Foto: Victor Moriyama/Bloomberg (Victor Moriyama/Bloomberg)
Por Da RedaçãoPublicado em 17/12/2021 07:22 | Última atualização em 17/12/2021 07:31Tempo de Leitura: 2 min de leitura

A última sexta-feira do ano com pregão no mercado brasileiro começa com notícias no campo corporativo.

A BRF (BRFS3) informou ao mercado na noite de quinta-feira, dia 16, que pretende realizar uma oferta subsequente (follow on) para levantar mais de 6 bilhões de reais, com a emissão de até 325 milhões de ações (6,630 bilhões de reais ao preço de fechamento de quinta-feira), em operação que ainda precisa ser aprovada pelos acionistas. Para tanto, convocou uma Assembleia Geral Extraordinária (AGE) a ser realizada no próximo dia 17 de janeiro.

Outra notícia envolve o GPA (PCAR3) e o Assaí (ASAI3), que comunicaram que os conselhos de administração das duas companhias aprovaram os termos do acordo pelo qual a rede de "atacarejo" adquire os direitos de exploração de até 70 unidades que estão atualmente ocupadas pela bandeira Extra Hiper, por 5,2 bilhões de reais. O acordo envolve ainda a alienação de 17 imóveis próprios do GPA para um fundo imobiliário com a interveniência do Assaí.

No mercado externo, os futuros dos índices em Nova York operam em leve queda em dia sem divulgação de indicadores relevantes. Ontem houve queda no S&P 500 e na Nasdaq atribuída por analistas a uma reação tardia ao comunicado do Fed que apontou a normalização mais rápida da política monetária ao longo de 2022.

Bolsas europeias também operam em queda nesta manhã, apesar de indicadores positivos como a alta de 1,4% nas vendas do varejo britânico em novembro, acima das expectativas que apontavam uma alta de 0,8%.

Veja a seguir os principais índices de ações às 7h15 de Brasília:

  • STOXX 600 (Europa): -0,52%
  • FTSE 100 (Londres): -0,60%
  • DAX (Frankfurt): -0,60%
  • CAC 40 (Paris): -0,75%
  • Futuro do S&P: -0,11%
  • Futuro do Dow Jones: -0,06%
  • Futuro da Nasdaq: -0,63%
  • Nikkei (Tóquio): -1,79%

Outra notícia é a realização de leilão promovido pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), envolvendo as áreas de Sépia e Atapu, ambas na Bacia de Santos. Elas serão ofertadas durante a Segunda Rodada de Licitações dos Volumes Excedentes da Cessão Onerosa. O leilão pode arrecadar 11,1 bilhões de reais, segundo projeções.

Segundo a ANP, 11 empresas, das quais duas brasileiras, se habilitaram para apresentar ofertas: Petrobras (PETR3, PETR4), Shell, Chevron, Ecopetrol, Enauta (ENAT3), Equinor, ExxonMobil, Petrogal, Petronas, Total e QP Brasil.