Mercados

Bolsas da Ásia sobem com investidores indiferentes à Grécia

Às 7h47 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão avançava 0,49 por cento


	Bolsas: às 7h47 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão avançava 0,49 por cento
 (thinkstock)

Bolsas: às 7h47 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão avançava 0,49 por cento (thinkstock)

DR

Da Redação

Publicado em 1 de julho de 2015 às 08h19.

Sydney - Os índices asiáticos fecharam em alta nesta sexta-feira com investidores encolhendo os ombros em resignação às notícias de que a Grécia se tornou a primeira economia desenvolvida a dar calote em empréstimo junto ao Fundo Monetário Internacional (FMI).

Embora um marco indesejado para Atenas, ele não veio como surpresa aos mercados depois de semanas de conversas sobre a dívida.

Às 7h47 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão avançava 0,49 por cento, acalmando-se após dois dias de fortes oscilações.

"Ha tanta incerteza, especulação, verdades e verdades parciais que muitos mercados estão inertes; aguardando para ver para onde isso caminha", disse a estrategista sênior de moeda do National Australia Bank Emma Lawson.

Acompanhe tudo sobre:AçõesÁsiabolsas-de-valores

Mais de Mercados

"Se Lula indicar nome pior que Galípolo para o BC, o mercado entrará em pânico", diz Marilia Fontes

Ibovespa sobe e fecha acima dos 121 mil pontos com ajuda de Petrobras (PETR4) e Itaú (ITUB4)

PMIs da zona do euro e dos EUA, repercussão de falas do Lula e Sabesp: o que move o mercado

Elon Musk vai receber bônus de R$ 305 bilhões como remuneração de acionistas da Tesla

Mais na Exame