Invest

Bolsas da Ásia fecham em baixa, após queda em Wall Street com temor sobre juros

Na China continental, os mercados também ficaram no vermelho, pressionados por ações do setor imobiliário e de software

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 24 de maio de 2024 às 06h11.

As bolsas asiáticas fecharam em baixa generalizada nesta sexta-feira, após Wall Street sofrer perdas ontem em meio a crescentes incertezas sobre a possibilidade de cortes de juros nos EUA.

Liderando as perdas na Ásia, o índice Hang Seng caiu 1,38% em Hong Kong, a 18.608,94 pontos, enquanto o japonês Nikkei recuou 1,17% em Tóquio, a 38.646,11 pontos, o sul-coreano Kospi cedeu 1 26% em Seul, a 2.687,60 pontos, e o Taiex registrou modesta baixa de 0,19% em Taiwan, a 21.565,34 pontos.

Na China continental, os mercados também ficaram no vermelho, pressionados por ações do setor imobiliário e de software. O Xangai Composto recuou 0,88%, a 3.088,87 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto caiu 1,10%, a 1.734,80 pontos.

Ontem, as bolsas de Nova York encerraram os negócios em baixa, com queda mais acentuada do índice Dow Jones, após dados fortes de atividade econômica dos EUA diminuírem as chances de o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) começar a reduzir juros este ano.

Na Oceania, a bolsa australiana seguiu o mau humor de Wall Street e da Ásia, e o S&P/ASX 200 caiu 1,08% em Sydney, a 7.727 60 pontos, em seu quarto pregão consecutivo de perdas.

Acompanhe tudo sobre:bolsas-de-valoresMercados

Mais de Invest

Berkshire Hathaway, de Warren Buffett, vende 1 milhão de ações da BYD

TIM (TIMS3) e Telefônica Brasil (VIVT3) pagam juros sobre capital próprio; veja valor por ação

Ibovespa opera abaixo dos 118 mil pontos após piora das perspectivas macroeconômicas pelo BC

Reunião de Lula com Conselho Orçamentário, Boletim Focus e China: o que move o mercado

Mais na Exame