Acompanhe:

As ações mais promissoras para 2013, segundo a Souza Barros

Economista vê tendência de melhora para o mercado acionário no ano que vem

Modo escuro

Continua após a publicidade

	Queda de juros pode trazer oportunidades de investimento em renda variável, segundo economista
 (REUTERS/Nacho Doce)

Queda de juros pode trazer oportunidades de investimento em renda variável, segundo economista (REUTERS/Nacho Doce)

M
Marcelo Poli

Publicado em 27 de dezembro de 2012 às, 06h18.

São Paulo – Restando poucos pregões para o encerramento de 2012, o Ibovespa parece caminhar para fechar o ano com ganho ligeiramente positivo. De janeiro pra cá, o principal índice da bolsa brasileira acumula uma valorização de aproximadamente 7%.

Para o economista-chefe da corretora Souza Barros, Clodoir Vieira, a tendência para o mercado acionário em 2013 é de melhora.

“A queda de juros pode trazer oportunidades de investimento em renda variável, o Brasil vem ocupando o terceiro lugar entre os países mais promissores para investimento”, explica ele.

A expectativa é de que o Ibovespa ganhe ritmo em 2013. No entanto, o início do ano não deve ser dos melhores, ganhando fôlego apenas no segundo semestre, conforme destaca Vieira.

“Uma projeção mais conservadora seria de 68.000 e otimista de 72.000 pontos para o final de 2013”, estima o economista.

Ele aponta os setores de varejo, consumo, bens de capitais, educação e saúde com os mais promissores para 2013. “É importante lembrar que o maior peso do Ibovespa está nas empresas de commodities, e os preços internacionais das commodities seguirão apresentando forte volatilidade. Também é preciso ter cuidado com a necessidade de financiamento das companhias”, explica o relatório.

A Souza Barros começará 2013 apostando na boa performace dos seguintes papéis: Ambev (AMBV3), Comgas (CGAS5), Hypermarcas (HYPE3), Kroton (KROT3), Odontoprev (ODPV3), Pão de Açúcar (PCAR4), RaiaDrogasil (RADL3), Sabesp (SBSP3), TOTVS (TOTS3) e Vale (VALE5).

 

Últimas Notícias

Ver mais
Bolsas da Europa fecham sem sinal único, observando sinais dos EUA e com força de mineradoras
seloMercados

Bolsas da Europa fecham sem sinal único, observando sinais dos EUA e com força de mineradoras

Há um dia

Ibovespa cai à mínima do ano com EUA e Petrobras; dólar atinge máxima de R$ 5,12
seloMercados

Ibovespa cai à mínima do ano com EUA e Petrobras; dólar atinge máxima de R$ 5,12

Há um dia

Suspensão na Petrobras, balanços de bancos dos EUA e Starbucks: os assuntos que movem o mercado
seloMercados

Suspensão na Petrobras, balanços de bancos dos EUA e Starbucks: os assuntos que movem o mercado

Há um dia

Bolsas da Ásia fecham majoritariamente em baixa, com tombo de Hong Kong após exportações chinesas
seloMercados

Bolsas da Ásia fecham majoritariamente em baixa, com tombo de Hong Kong após exportações chinesas

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais