Após sugerir 'desastre' das big techs, investidor de 'A Grande Aposta' compra ações da Amazon

Compra foi feita mesmo após Burry afirmar que a alta nas ações de tecnologia não duraria, e que os nomes mais destacados do mercado estavam caminhando para o desastre

Burry: investidor disse anteriormente que o boom das ações de tecnologia não duraria (Astrid Stawiarz / Correspondente/Getty Images)

Burry: investidor disse anteriormente que o boom das ações de tecnologia não duraria (Astrid Stawiarz / Correspondente/Getty Images)

Publicado em 15 de fevereiro de 2024 às 09h31.

Michael Burry, o investidor famoso pelo livro e filme "A Grande Aposta", comprou ações da Amazon e Alphabet no último trimestre, segundo um documento da SEC (Securities and Exchange Commission), órgão regulador dos Estados Unidos, na última quarta-feira, 14. 

As compras de Big Tech chamam a atenção, considerando que Burry disse anteriormente que o boom de ações de tecnologia não duraria, e que os nomes mais destacados do mercado estavam caminhando para o desastre.

Burry quase dobrou seu número de ações, indo de 13 posições para 25, e mais que dobrou seu valor total, pulando de US$ 44 milhões para US$ 95 milhões.

As novas participações da Scion Asset Management incluíam Oracle, Citigroup, CVS, MGM Resorts, Warner Bros Discovery e Toast. O fundo também aumentou suas participações no Alibaba e JD.com, tornando os dois titãs chineses de comércio eletrônico suas duas principais posições, valendo quase US$ 6 milhões cada. Enquanto isso, a Scion saiu de suas apostas em ações como Crescent Energy, Stellantis e Hudson Pacific Properties.

O investidor Michael Burry é mais conhecido por sua enorme aposta contra a bolha imobiliária dos anos 2000, imortalizada no livro e no filme "A Grande Aposta". Ele retornou às manchetes por investir na GameStop mais de um ano antes de a varejista de videogames se tornar o símbolo da frenesi das "meme stocks" no início de 2021.

Acompanhe tudo sobre:AmazonAlphabet

Mais de Invest

Bolsas da Ásia fecham sem direção única, com apoio limitado de Wall Street

Tesla divulga balanço nesta terça; veja o que podemos esperar

Por que a NTN-B do Tesouro está pagando IPCA+6? Veja se vale a pena investir

Pé-de-meia: pagamento de R$ 200 por frequência começa dia 25

Mais na Exame