Invest

Americanas (AMER3): Itaú coloca ação sob revisão após empresa encontrar inconsistências de R$ 20 bi

Contratado para ser o novo CEO, Sérgio Rial deixou o comando da empresa após encontrar rombo bilionário

Loja da Americanas: Empresa encontrou inconsistências contabeis de R$ 20 bi (Americanas S.A./Divulgação)

Loja da Americanas: Empresa encontrou inconsistências contabeis de R$ 20 bi (Americanas S.A./Divulgação)

GG

Guilherme Guilherme

Publicado em 12 de janeiro de 2023 às 09h47.

Última atualização em 12 de janeiro de 2023 às 09h48.

Analistas do Itaú colocaram o preço-alvo das ações da Americanas (AMER3) sob revisão após a empresa ter detectado "inconsistências" contábeis de R$ 20 bilhões.

Segundo fato relevante divulgado na noite de quarta-feira pela companhia, foi identificada "existência de operações de financiamento de compras em valores da mesma ordem acima [R$ 20 bilhões], nas quais a Companhia é devedora perante instituições financeiras e que não se encontram adequadamente refletidas na conta fornecedores nas demonstrações financeiras" do terceiro trimestre de 2022.

O CEO, Sérgio Rial, e o CFO, André Covre, que haviam assumido os cargos no início do ano, deixaram a empresa, após o rombo bilionário encontrado na Americanas.

Além dos efeitos da inconsistências contábeis no negócio, analistas do Itaú avaliam que a ação da Americanas deva sofrer ainda mais com a saída dos executivos. Os papéis vinham de 42% de alta no período de um mês em meio à expectativa de que a nova direção colocasse a empresa de volta aos trilhos da competitividade.

"Esperamos que a ação sofra significativamente durante o pregão, uma vez que acreditamos que seu desempenho recente foi impulsionado principalmente pelas expectativas do mercado em relação às entregas de Sergio Rial no médio e longo prazo", disseram os analistas em relatório. 

Diante das notícias, os analistas colocoram a cobertura do ativo sob revisão, a fim de "entender melhor" os eventos apresentados. O preço-alvo anterior do Itaú para a ação era de R$ 15.

Acompanhe tudo sobre:AçõesAmericanasItaúitau-bba

Mais de Invest

Temores sobre interferência no BC são exagerados e dólar deve cair, diz Gavekal Research

Extratos bancários serão padronizados a partir de julho; veja o que muda

Seis desdobramentos da reunião do Copom que manteve a Selic em 10,50%, segundo o BTG Pactual

Qual a diferença entre Nasdaq e NYSE?

Mais na Exame