Inteligência Artificial

Huawei lança seu primeiro PC com inteligência artificial equipado com processador Intel

O novo MateBook X Pro operará com HarmonyOS e marca a estreia da tecnologia EUV da Intel no mercado de PCs

André Lopes
André Lopes

Repórter

Publicado em 13 de abril de 2024 às 13h31.

Última atualização em 13 de abril de 2024 às 13h37.

A Huawei apresentou recentemente seu primeiro computador pessoal equipado com inteligência artificial, o MateBook X Pro. O dispositivo será embarcado com o chipset Core Ultra 9 da Intel, um inovador processador que utiliza a litografia ultravioleta extrema (EUV), uma técnica de ponta para a fabricação de semicondutores.

O anúncio ocorre em um contexto de restrições comerciais impostas pelos Estados Unidos, que limitam severamente o acesso da empresa chinesa à tecnologia americana avançada. Apesar dessas barreiras, a Huawei afirma que seguirá expandindo sua atuação no mercado de tecnologia.

Eis o MateBook X Pro: notebook vem equipado com inteligência artificial nativa

O MateBook X Pro será operado pelo sistema operacional próprio da Huawei, o HarmonyOS, e contará com o Modelo de Linguagem de Grande Escala (Pangu LLM) também desenvolvido pela empresa. Este modelo de IA é capaz de realizar tarefas por meio de prompts, criação de imagens e tradução de textos.

Em fala dada no lançamento do novo produto, Richard Yu, CEO do Grupo de Negócios de Consumidores da Huawei, o computador não só suporta o modelo Pangu LLM como também é compatível com modelos de parceiros externos, incluindo o Ernie Bot da Baidu e o Spark da iFlytek.

PCs em queda

A indústria de PCs, que sofreu uma desaceleração acentuada desde o segundo semestre de 2022, vê na IA uma nova fronteira para reimpulsionar o mercado. Segundo previsões da Intel, espera-se que até 2025 sejam fabricados 100 milhões de PCs AI equipados com o processador Core Ultra.

A Huawei, que já é a terceira maior fabricante de notebooks na China com uma participação de mercado de 9% no terceiro trimestre de 2023, segundo dados da Canalys, busca expandir seu ecossistema HarmonyOS por meio de notebooks. O novo MateBook X Pro destaca-se também por seu display OLED flexível avançado, que oferece melhor contraste de cores e redução de peso.

O produto, que promete processar vídeos em resolução 4K 27% mais rápido que um MacBook Pro com processador M3 da Apple, estará disponível na China a partir de 18 de abril com preços que podem chegar até 14.999 yuan (aproximadamente US$ 2.027 ).

Acompanhe tudo sobre:HuaweiNotebooks

Mais de Inteligência Artificial

CRMBonus recebe aporte de R$ 400 milhões, e dobra valor de mercado para R$ 2,2 bilhões

OpenAI testa novo ChatGPT ao vivo e exibe o quanto sua IA avançou em poucos meses

Microsoft anuncia investimento de US$4,3 bilhões para desenvolver IA na França

CEO da OpenAI diz que anúncio desta segunda não será sobre buscador

Mais na Exame