Tecnologia

Huawei lança linha de celulares para rivalizar com Apple

Empresa anunciou que os modelos vão custar a partir de US$ 760 dólares, o Pura 70, chegando a US$ 1.381 o Pura 70 Ultra.

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 18 de abril de 2024 às 10h25.

Última atualização em 18 de abril de 2024 às 10h35.

A Huawei lançou uma nova linha de smartphones nesta quinta-feira, 18, em uma tentativa de continuar seu bom momento na China e continuar rivalizando com a Apple no mercado.

A gigante chinesa da tecnologia apresentou a série Pura 70, que substitui a "série P" de dispositivos que a empresa lançou pela primeira vez em 2012.

De acordo com a CNBC, esse é o mais recente sinal de confiança da Huawei depois que a empresa lançou discretamente, no ano passado, seu smartphone Mate 60, que ostentava um chip de última geração. Isso levantou preocupações em Washington porque os EUA haviam imposto sanções nos últimos anos com o objetivo de impedir que a Huawei tivesse acesso a essa tecnologia.

Huawei Pura 70: parte traseira tem revestimento texturizado e câmera permite captar imagem de objeto em alta velocidade

Essas sanções, que começaram em 2019, quase acabaram os negócios de smartphone da empresa.

Agora, a Huawei está tentando se recuperar. Segundo a CNBC, as remessas de smartphones da empresa na China aumentaram 64% ano a no nas primeiras seis semanas de 2024. Já as vendas do iPhone caíram 24% no período.

Os telefones mais recentes da Huawei são seu mais recente desafio à Apple, que é a marca estrangeira dominante de smartphones na China.

A série Pura 70 é composta por quatro dispositivos - o Pura 70, o Pura 70 Pro, o Pura 70 Pro Plus e o Pura 70 Ultra.

Preços dos modelos

A Huawei anunciou que os modelos vão custar a partir de US$ 760 dólares, o Pura 70, chegando a US$ 1.381 o Pura 70 Ultra.

Na China, o iPhone 15 tem preço inicial de US$ 829, chegando aos mesmos US$ 1.381 para o modelo Pro Max. Ou seja, a disputa acontecerá diretamente nos preços também.

Ainda não há previsão dos novos modelos chegarem ao Brasil

Acompanhe tudo sobre:Huawei

Mais de Tecnologia

Dez anos de Spotify no Brasil: o app que extinguiu a pirataria e virou sinônimo de música

O que esperar do balanço da Nvidia, a mais nova queridinha de Wall Street

Quatro operadoras da China se unem para oferecer roaming 5G entre redes

Colher elétrica promete 'temperar' alimento sem utilizar mais sal

Mais na Exame