Acompanhe:

A decisão na ação movida pela Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC, na sigla em inglês) contra a Ripple Labs levou a um aumento sem precedentes no interesse dos investidores pela criptomoeda XRP. Nos poucos dias que se seguiram à decisão, houve um salto nas negociações do ativo, fazendo com que ele ultrapassasse todas as outras criptomoedas em volume mensal de negociação, de acordo com dados da Kaiko.

Em um relatório de pesquisa divulgado na última segunda-feira, 17, o serviço de informações de redes blockchain observou um aumento de 61% nas negociações de XRP desde a decisão favorável à Ripple. Na manhã de segunda-feira, o XRP foi responsável por 21% do volume global de negociação, à frente do bitcoin, com 20%. O ether foi responsável por 8% das negociações nesse período.

O preço do XRP atingiu uma máxima de 15 meses, e o volume de negociação registra o maior valor em 10 meses. "A atividade de negociação global permanece moderada", afirmou o relatório, indicando um salto relativamente modesto no volume de negociação dos XRP. Além disso, "os volumes de [negociação de] altcoins (excluindo XRP) não tiveram um aumento tão grande quanto o esperado".

A capitalização de mercado da XRP cresceu US$ 21,2 bilhões poucas horas após a decisão judicial, fazendo o token pular da sétima para a quarta posição no ranking geral de criptomoedas. As negociações de XRP foram impulsionadas pelo retorno do token às corretoras de criptomoedas dos Estados Unidos após a Justiça do país entender que a oferta dele em exchanges não violaria as leis sobre valores mobiliários.

Processo da SEC contra o XRP

A Kaiko observou em seu relatório, no entanto, que o XRP havia passado pelo processo da SEC, aberto em 2020, com pouca queda em seu volume de negociação graças ao suporte dos investidores globais: "O que é interessante sobre o XRP é que o processo judicial e a retirada das plataformas de negociação não tiveram um impacto excessivamente negativo sobre o preço ou o volume do token na época".

O interesse pela criptomoeda permaneceu alto ao longo dos últimos anos, especialmente na Coreia do Sul, com as corretoras Upbit e Bithumb registrando US$ 467 bilhões em volume negociado após a ação judicial. A Binance processou mais de US$ 600 bilhões em negociações nesse período.

A Kaiko ressaltou, porém, que a SEC ainda pode recorrer da decisão, que poderia ser revertida por instâncias superiores da Justiça norte-americana. O CEO da Ripple, Brad Garlinghouse, expressou confiança de que uma futura decisão na corte de apelação também vai ser favorável à Ripple e ao XRP.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
'Coincidência' que fez bitcoin subir após halvings anteriores pode se repetir este ano, aponta BTG
Future of Money

'Coincidência' que fez bitcoin subir após halvings anteriores pode se repetir este ano, aponta BTG

Há 5 horas

Análise: bitcoin pode fechar 3 semanas em queda e tendência de alta perde força
Future of Money

Análise: bitcoin pode fechar 3 semanas em queda e tendência de alta perde força

Há 5 horas

Itaú acredita em bitcoin como "propriedade digital" para investidores, diz head de ativos digitais
Future of Money

Itaú acredita em bitcoin como "propriedade digital" para investidores, diz head de ativos digitais

Há 6 horas

Queda para US$ 50 mil ou alta para US$ 100 mil: tendência para o bitcoin está dividida
Future of Money

Queda para US$ 50 mil ou alta para US$ 100 mil: tendência para o bitcoin está dividida

Há 7 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais