Future of Money

Real Digital poderá ser usado para pagar benefícios sociais, diz presidente da Caixa

Rita Serrano falou sobre a moeda digital de banco central do Brasil durante evento de lançamento de consórcio para fase do piloto da CBDC

Caixa vai participar da fase de testes do piloto do Real Digital (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Caixa vai participar da fase de testes do piloto do Real Digital (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 27 de julho de 2023 às 11h20.

Rita Serrano, presidente da Caixa Econômica Federal, participou na última quarta-feira, 26, de um evento sobre a participação do banco na etapa de testes do piloto com o Real Digital. Durante sua fala, ela destacou que a moeda digital de banco central (CBDC, na sigla em inglês) poderá ser usada no pagamento de benefícios sociais.

"Dá para pensar em pagar benefícios sociais com moeda tokenizada no futuro", destacou a executiva. A Caixa vai participar da fase de testes com uma proposta aprovada pelo Banco Central que inclui também a participação das empresas Elo e Microsoft. Ao todo, 16 propostas foram aprovadas.

Com sua fala, a presidente da Caixa indicou uma possível área de atenção para o banco. Atualmente, a instituição é a responsável por gerenciar e realizar os pagamentos de diferentes benefícios, incluindo o Bolsa Família. Outro ponto citado por Serrano envolve o crédito imobiliário.

Ela afirmou que "o financiamento habitacional demora, em média, 25 dias até chegar o registro em cartório. [O Real Digital] Tem condições de agilizar e melhorar o atendimento". Nesse sentido, ela acredita que o Real Digital tem potencial para aumentar a inclusão social a partir de uma maior digitalização financeira.

Serrano disse ainda que a Caixa Econômica Federal pretende aproveitar sua "grande capilaridade" em municípios do Brasil: "A Caixa está em 99% dos municípios brasileiros. Tem 155 milhões de clientes. É um grande celeiro para testar soluções". A fase de testes com o piloto já começou e deve terminar no primeiro trimestre de 2024. A expectativa é que a versão digital do real seja lançada para a população até o fim do próximo ano.

  • Economia digital e você ainda não investe em criptoativos? Conheça a Mynt, uma plataforma crypto brasileira e com a melhor seleção de ativos disponível para você explorar novas formas de investir sem medo. Abra agora sua conta gratuitamente.  

Potencial do Real Digital

Também durante o evento, o vice-presidente de serviços financeiros da Microsoft Brasil, Júlio Gomes, lembrou que o projeto do Real Digital está atualmente em fase de desenvolvimento, com a criação de sistemas que serão acoplados à plataforma do Banco Central.

Ele destacou que a CBDC brasileira poderá ser usada em "soluções mais tradicionais, como tokenizar alguns ativos para reduzir fricções e custos no sistema financeiro", mas que há, também, o potencial de pensa tem "soluções fora da caixa". Segundo o executivo, o consórcio da Caixa, Elo e Microsoft pretende pensar além das diretrizes apresentadas para o piloto.

O vice-presidente de controladoria e finanças da Caixa, Marcos Brasiliano, fez uma avaliação na mesma linha. Ele pontuou que o Real Digital deve trazer uma inovação "radical" para transações financeiras e será diferente do Pix, que focou em melhorar operações que já existiam. "O Real Digital, quando lançado, vai romper com o modelo tradicional", disse.

yt thumbnail

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok

Acompanhe tudo sobre:Drex (Real Digital)CaixaBolsa família

Mais de Future of Money

Descentralização na Web3: redefinindo o futuro da internet

Criptomoedas podem cair mesmo em mercado de alta: o que é correção e como lidar com isso

Por que as marcas não podem ignorar o blockchain: a transformação da interação com o consumidor

A solução para as barreiras de liquidez global nos investimentos

Mais na Exame