Future of Money

Publicações de Elon Musk no Twitter influenciam nos preços de criptomoedas, mostra estudo

Pesquisa também aponta possível relação entre contas inautênticas na rede social e a corretora falida FTX

Elon Musk ficou conhecido por influenciar em preços de criptomoedas (Monika Skolimowska/Getty Images)

Elon Musk ficou conhecido por influenciar em preços de criptomoedas (Monika Skolimowska/Getty Images)

Cointelegraph
Cointelegraph

Agência de notícias

Publicado em 3 de agosto de 2023 às 17h02.

Última atualização em 3 de agosto de 2023 às 17h48.

Um estudo divulgado pela Network Contagion Research Institute (NCRI) mostra que a atuação do bilionário Elon Musk e de contas inautênticas no Twitter, os bots, podem estar desempenhando um "papel substancial" na alta artificial do preço de criptomoedas, com uma influência maior do que o imaginado anteriormente por especialistas.

A partir de uma amostra de várias criptomoedas listadas na corretora falida FTX, pesquisadores do instituto analisaram mais de 3 milhões de publicações feitas no Twitter entre 1º de janeiro de 2019 e 27 de janeiro de 2023, envolvendo 18 ativos diferentes.

O estudo descobriu que a atividade de bots do Twitter desempenhou um papel crucial para impulsionar o valor das criptomoedas observadas, incluindo os ativos Sand, Gala, Gods Unchained (GODS) e LooksRare (LOOKS). Metade dos tokens estudados teve sinais de influência no preço como resultado da atividade de bots do Twitter.

O estudo também descobriu que essas postagens por contas inautênticas teriam aumentado depois que contas relacionadas à FTX faziam postagens sobre os ativos nas redes sociais. Segundo o estudo, esse padrão levanta questões sobre uma possível participação ativa da FTX ou da Alameda Research na coordenação da atividade dos bots.

"De fato, para metade das moedas listadas na FTX na amostra, o volume de postagens inautênticas mostrava sinais de previsão de preços subsequentes. Isso sugere que redes inautênticas foram deliberadamente implantadas com sucesso para influenciar a variação nos preços das moedas listadas pela FTX", diz o estudo.

Os pesquisadores afirmam ainda que "isso levanta a seguinte questão: a FTX ou a Alameda se envolveram em atividades inautênticas coordenadas nas redes sociais para inflar artificialmente os valores de mercado desses tokens?".

Influência de Elon Musk em criptomoedas

O estudo também analisou o impacto da atividade de bots e de publicações feitas pelo bilionário Elon Musk no Twitter sobre duas criptomoedas meme lançadas recentemente no mercado. Os dados sugerem que os preços da Pepe e da PSYOP foram influenciados por esses dois fatores.

A NCRI detectou um aumento de novas contas de bots antes do lançamento do PEPE, que atuaram fortemente na divulgação de uma das duas moedas. A Pepe Coin e a PSYOP aproveitaram os memes e também foram impulsionadas por duas postagens de Musk aparentemente simpáticas a ambos os tokens, segundo o estudo.

Um post feito em 13 de maio por Musk com um meme do Pepe fez com que o preço do token subisse mais de 50% em 24 horas. Juntamente com os tweets do bilionário, houve um aumento na criação de novas contas um dia antes do lançamento do Pepe em 17 de abril, o que sugere um esforço orquestrado para usar bots para impulsionar a popularidade do token.

Os pesquisadores do estudo disseram que esse fenômeno também pode afetar ações e outros valores mobiliários. Eles apontaram para o frenesi que tomou conta das redes sociais em 2022 em torno das chamados "ações memes", como as da GameStop e da AMC.

yt thumbnail

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok

Acompanhe tudo sobre:TwitterCriptomoedaselon-muskCriptoativos

Mais de Future of Money

Argentina faz reunião com autoridades de El Salvador sobre adoção de criptomoedas

Anbima propõe novas regras para fundos investirem em criptomoedas

Michael Saylor diz que aprovação de ETFs de ether "pode ser melhor para o bitcoin"

Criptomoeda ligada a Caitlyn Jenner movimenta mais de US$ 100 milhões e gera temor sobre golpe

Mais na Exame