Pesquisa com 53 especialistas prevê alta de 43% para a criptomoeda ADA, da rede Cardano

Apesar do aparente otimismo, quase metade dos entrevistados acha que ativo vai desvalorizar e recomendam venda; confira as previsões sobre a oitava maior criptomoeda do mundo
Média dos palpites de preço do token ADA da Cardano, sugere otimismo, mas realidade é diferente (salarko/Getty Images)
Média dos palpites de preço do token ADA da Cardano, sugere otimismo, mas realidade é diferente (salarko/Getty Images)
D
Da RedaçãoPublicado em 15/07/2022 às 11:07.

Especialistas e líderes de fintechs e outras startups relacionadas à Web3 e à tecnologia blockchain acreditam que a criptomoeda ADA, da rede Cardano, terminará o ano de 2022 cotada a US$ 0,63, valor 43% maior do que os US$ 0,44 que o ativo é negociado atualmente. Apesar do aparente otimismo, a pesquisa, que foi realizada pelo site Finder, mostra que na realidade a maioria dos entrevistados está pessimista com o projeto.

(Mynt/Divulgação)

A mesma pesquisa tinha registrado um resultado bem diferente no início do ano. Realizada pela primeira vez em janeiro, os especialistas tinha previsto na época que a criptomoeda valeria US$ 2,79 no final do ano. A mudança se deve principalmente à forte queda sofrida pelo mercado cripto desde que a primeira pesquisa foi feita.

Além disso, outro fator que pode ter influenciado a opinião dos especialistas no novo levantamento, segundo os responsáveis pela pesquisa, é "o fato de que os desenvolvedores da rede Cardano não fizeram tantas entregas quanto esperavam os investidores do token ADA", citando as expectativas de desenvolvimento do ecossistema, em especial relacionado a DeFi e NFTs.

Com o ajuste da previsão, os 53 líderes de empresas cripto e especialistas do setor apostam que a ADA valerá US$ 0,63 no final de 2022, US$ 2,93 no final de 2025 e US$ 6,54 em 2030. Na versão anterior, a previsão para o início da próxima década era de US$ 58,04 (veja abaixo os palpites e a comparação entre a pesquisa de janeiro, em azul, e a atual, em preto).

!function(){"use strict";window.addEventListener("message",(function(e){if(void 0!==e.data["datawrapper-height"]){var t=document.querySelectorAll("iframe");for(var a in e.data["datawrapper-height"])for(var r=0;r<t.length;r++){if(t[r].contentWindow===e.source)t[r].style.height=e.data["datawrapper-height"][a]+"px"}}}))}();

 

A previsão de preço apontada na pesquisa, entretanto, é uma média entre os palpites de todos os entrevistados, o que provoca uma distorção sobre a percepção geral para o ativo. Se um dos entrevistados der uma previsão de que o token vai valer, por exemplo, US$ 100, isso vai impactar a média e fazer parecer que o cenário é mais otimista do que a realidade. Não por acaso, quase metade dos entrevistados recomenda a venda do ativo.

A opinião sobre investir ou não no ativo, inclusive, foi bastante dividida na pesquisa: enquanto 52% acham que é um bom investimento (26% sugerem compra e outros 26% sugerem guardar o ativo), os outros 48% recomendam a venda, apostando na queda.

A pesquisa também constatou que a atualização Vasil, que pretende tornar a rede Cardano mais descentralizada e eficiente, ainda não empolga os especialistas. Um terço deles (34%) se mostrou inseguro sobre os impactos que a mudança poderá provocar. Já 11% afirmam que a atualização não provocará mudanças significativas e 18% que a mudança fará o preço do token ADA cair.

Por outro lado, 20% dos entrevistados acham que a Vasil poderá provocar aumento no preço do ADA no longo prazo e 17% acham que poderá provocar aumento de preço já no curto prazo. A maioria (51%) também acredita que a atualização vai aumentar a utilidade da criptomoeda.

Iwa Salami, codiretor do Centre of FinTech da University de East London, fez uma projeção de US$ 0,60 para o ADA no final deste ano. Apesar de ter uma perspectiva um pouco mais baixa do que a média dos entrevistados, ele vê a criptomoeda ganhando utilidade em um futuro próximo.

“Acho que a relevância do blockchain Cardano, principalmente porque busca promover a inclusão financeira nas economias em desenvolvimento, é muito significativa e provavelmente expandirá seu uso a longo prazo e, portanto, terá um impacto positivo no preço da ADA”, afirmou, segundo o site Finder.

Matt Lobel, fundador da PLAYN, espera que a ADA suba para US$ 1,50 até o final do ano. Ele disse que, embora o ritmo de crescimento seja frustrante, a abordagem da equipe de gerenciamento da Cardano ajudará a ADA a "continuar crescendo e a não atingir alguns dos problemas de qualidade que outros projetos têm".

Charles Silver, presidente executivo da Permission.io, por sua vez, está pessimista sobre a utilidade futura da ADA. Ele acha que valerá US$ 0,20 no final de 2022: "Não acredito que haja um caso de uso para Cardano, e eventualmente desaparecerá".

Executivo de gerenciamento de fundos da DigitalX, Alex Nagorskii foi além e sequer deu palpite para o preço da criptomoeda: "não é um ativo que valha a pena manter", afirmou no relatório do Finder.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok