Paypal passa a oferecer serviços com criptomoedas no Reino Unido

Expansão de serviços com criptomoedas da gigante de pagamentos para fora dos EUA terá início nesta semana e pode impulsionar o mercado
O Paypal liberou negociação e armazenamento de criptomoedas aos clientes do Reino Unido (24K-Production/Getty Images)
O Paypal liberou negociação e armazenamento de criptomoedas aos clientes do Reino Unido (24K-Production/Getty Images)
Por CoindeskPublicado em 23/08/2021 13:30 | Última atualização em 23/08/2021 13:30Tempo de Leitura: 3 min de leitura

O PayPal está expandindo os seus serviços com criptomoedas para clientes da plataforma baseados no Reino Unido. A decisão vai levar as funções que hoje já são utilizadas nos EUA também para os britânicos, que poderão comprar, vender e armazenar quatro criptomoedas diferentes em sua plataforma.

Os usuários da plataforma poderão realizar transações em bitcoin, ether, litecoin e bitcoin cash por apenas uma libra esterlina, afirma o PayPal. Uma libra esterlina equivale, atualmente, a 7,37 reais.

A implementação do serviço no Reino Unido é a primeira expansão da oferta de criptomoedas do PayPal fora dos EUA. O processo começará nesta semana e estará disponível para todos os clientes elegíveis nas próximas semanas.

Os clientes devem ter sua identidade verificada na plataforma para se tornarem elegíveis, e as contas empresariais no PayPal não serão aprovadas.

O PayPal introduziu esse tipo de serviço de utilização, negociação e armazenamento de criptomoedas no mercado norte-americanos em outubro de 2020. A ação foi um dos principais motivos para a grande alta do bitcoin e dos criptoativos de forma geral que aconteceu desde então. Isso porque o PayPal, com mais de 320 milhões de usuários, poderia atrair uma enorme quantidade de investidores e usuários para o mercado de criptoativos.

A companhia ainda não permitiu que usuários movimentem valores os criptoativos para fora da plataforma, mas isso pode mudar. José Fernandez da Ponte, vice presidente de blockchain, criptomoedas e moedas digitais do PayPal, afirmou na conferência Consensus 2021, em maio, que uma função de saque estaria em produção pela empresa.

Desta vez, o impacto da notícia da abertura da funcionalidade no Reino Unido não é tão grande quanto a do ano passado, já que se trata de um mercado consideravelmente menor. Por outro lado, o início da expansão pode indicar a abertura do serviço também em outros países. Por isso, o fato é apontado como uma das razões para a alta no preço do bitcoin neste início de semana, quando a criptomoeda voltou a ser negociada acima de 50 mil dólares após mais de três meses.

Texto traduzido e republicado com autorização da Coindesk

Siga o Future of Money nas redes: Instagram | Twitter | YouTube