Future of Money

Organizadores do Primavera Sound realizam evento sobre Web3

Primavera Pro, que organiza o Primavera Sound em Madrid, realizou o Web3 Music Summit, focado na nova fase da internet e seu potencial para a indústria da música

Primavera Sound São Paulo firma parceria inédita com 
Pacto Global da ONU no Brasil e apoia projetos sociais
 (Primavera Sound/Divulgação)

Primavera Sound São Paulo firma parceria inédita com Pacto Global da ONU no Brasil e apoia projetos sociais (Primavera Sound/Divulgação)

Mariana Maria Silva
Mariana Maria Silva

Repórter do Future of Money

Publicado em 13 de junho de 2023 às 16h00.

Última atualização em 13 de junho de 2023 às 16h25.

Em parceria com a Web3 Foundation, cujo principal projeto é o blockchain Polkadot, a Primavera Pro, organizadora do festival Primavera Sound em Madrid, na Espanha, organizou o Web3 Music Summit, evento cujo objetivo foi debater o potencial da nova fase da internet para a indústria da música.

Entre os dias 7 e 8 de junho, o evento reuniu especialistas no Espacio Cultural Serrería Belga, em Madrid, para explorar como as novas tecnologias podem influenciar positivamente o cenário musical. DAOs, NFTs e blockchain foram alguns dos temas do evento, que contou com o apoio da Câmara Municipal de Madrid.

Segundo um comunicado, os painéis e discussões do Web3 Summit trataram sobre:
• A propriedade de dados por meio de tecnologia descentralizada é um ativo valioso para criadores na indústria da música.
DAOs são uma realidade tangível, capacitando artistas e organizações e tornando-se um verdadeiro poder transformador na indústria da música.
• A colaboração orgânica está crescendo em todo o ecossistema com palestrantes falando sobre parcerias com outros palestrantes em todo o evento.

  • Aproveite todas as possibilidades do mundo crypto. A Mynt ajuda você a explorar o melhor do mercado com segurança e diversidade de criptomoedas. Clique aqui para abrir sua conta

Benefícios dos NFTs e DAOs

Abrindo o evento, Bertrand Perez, CEO da Web3 Foundation, falou sobre a importância da propriedade dos dados.

“A descentralização é fundamental, pois permite que os usuários possuam seus próprios dados. Os usuários são o criador, não o produto, e esse é especialmente o caso da indústria da música, mas também se aplica aos jogos.” Falando sobre o evento, Bertrand acrescentou: “Estamos muito satisfeitos por ter trabalhado com Primavera Pro, Primavera Sound e Guzzu para sediar este Web3 Music Summit educacional e criativo. Esperamos ter capacitado o público a buscar a propriedade de seus dados, suas criações e entender o valor de suas conexões com seus seguidores.”

Os tokens não fungíveis (NFTs) já foram adotados por diversos artistas e compositores até o momento. Eles oferecem uma forma mais justa de divisão de royalties que podem ser distribuídos, inclusive, para os fãs que comprarem o token.

Além disso, foi debatido no evento o potencial das Organizações Autônomas Descentralizadas (DAOs) no cenário musical. Elas facilitam a formação de comunidades descentralizadas, ou seja, sem hierarquia, onde tudo é decidido pelo voto, dando maior poder ao fã de determinado artista.

A propriedade dos dados e como a descentralização pode oferecer suporte continuam sendo tendências importantes para a indústria da música, afirmou o comunicado.

“Foi fantástico hospedar este evento com Guzzu e The Web3 Foundation em Madrid ao lado do Primavera Sound para celebrar o potencial entre o Web3 e a indústria da música. A cúpula promoveu debates importantes sobre uma variedade de assuntos que, esperamos, encorajou o público a inovar e colaborar em tecnologias Web3 e música”, disse Elena Barreras, diretora do Primavera Pro.

Aproveite todas as possibilidades do mundo crypto. A Mynt ajuda você a explorar o melhor do mercado com segurança e diversidade de criptomoedas. Clique aqui para abrir sua conta.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok

Acompanhe tudo sobre:NFTBlockchainWeb3Indústria da música

Mais de Future of Money

Chiliz muda blockchain após perda de espaço e queda de fan tokens

Liquidez no mercado de criptomoedas meme atinge maior nível da história

Milei diz que "não há problemas" para usar bitcoin em pagamentos na Argentina

Investidores do token do Coritiba recebem quase R$ 1 milhão após venda de jogador

Mais na Exame