Acompanhe:

A Circle, emissora da criptomoeda pareada ao dólar USDC, afirmou na última terça-feira, 20, que vai interromper o suporte à stablecoin no blockchain  Tron. A decisão se alinha aos "esforços para garantir que a USDC permaneça confiável, transparente e seguro", segundo a empresa.

"A partir de agora, não emitiremos mais USDC no Tron", disse a Circle em uma publicação divulgada no blog da empresa, acrescentando que eliminará gradualmente o suporte à USDC na rede blockchain. A Circle observou que vai oferecer suporte às transferências de USDC de seus clientes comerciais da Circle Mint para outros blockchains até fevereiro de 2025.

A empresa pediu aos usuários de varejo e demais clientes que transferissem as unidades da stablecoin que estão baseadas no Tron para uma corretora de criptomoedas para que elas pudessem ser transferidas para uma rede blockchain onde a USDC ainda será suportada.

A Circle não apresentou um motivo para interromper o suporte ao Tron, dizendo apenas que "avalia continuamente a adequação de todos os blockchains" aos seus produtos como parte de seu processo de gerenciamento de risco.

A empresa acrescentou que a decisão de retirar o suporte ao Tron foi o "resultado de uma avaliação de diversos setores da companhia, que envolveu a organização comercial, a conformidade às leis e outras áreas em toda a nossa empresa".

Em janeiro, a Circle deu entrada a um pedido de abertura de capital nos Estados Unidos. A USDC tem atualmente uma capitalização de mercado de quase US$ 28 bilhões – ficando atrás apenas da rival USDT, que possui uma capitalização de US$ 97,5 bilhões, de acordo com dados da plataforma CoinGecko.

Críticas ao Tron

Em novembro de 2023, a Circle refutou as acusações de que prestava serviços ao fundador do Tron, Justin Sun, depois que um grupo de ética escreveu uma carta aos senadores dos Estados Unidos alegando que a empresa estava "comprometida por sua integração" com a rede.

O grupo Campanha pela Responsabilidade disse que o Tron "foi citado em várias ações internacionais de aplicação da lei envolvendo a movimentação de bilhões de dólares em transações realizadas por supostos grupos do crime organizado e entidades sancionadas".

A Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC, na sigla em inglês) abriu um processo contra Sun e a Fundação Tron em março de 2023, alegando que ambos ofereceram valores mobiliários não registrados e realizaram operações de manipulação de mercado, o que a Sun nega.

O Tron não respondeu imediatamente a um pedido de comentários do Cointelegraph sobre a decisão da Circle.

  • O JEITO FÁCIL E SEGURO DE INVESTIR EM CRYPTO. Na Mynt você negocia em poucos cliques e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Compre as maiores cryptos do mundo em minutos direto pelo app. Clique aqui para abrir sua conta gratuita.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Bitcoin despenca a poucos dias do halving: entenda o impacto das tensões entre Israel e Irã
Future of Money

Bitcoin despenca a poucos dias do halving: entenda o impacto das tensões entre Israel e Irã

Há 15 horas

'Brasil é fundamental para blockchain", revela Avalanche, rede da criptomoeda AVAX
Future of Money

'Brasil é fundamental para blockchain", revela Avalanche, rede da criptomoeda AVAX

Há 17 horas

Brasil investe R$ 15,7 milhões em semana de recuo global em fundos de criptomoedas
Future of Money

Brasil investe R$ 15,7 milhões em semana de recuo global em fundos de criptomoedas

Há 18 horas

Empresa de criador do Twitter lança no Brasil "camada de segurança" para transações internacionais
Future of Money

Empresa de criador do Twitter lança no Brasil "camada de segurança" para transações internacionais

Há 19 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais