Future of Money

Elon Musk quer incluir criptomoedas em sistema de pagamentos no Twitter

Ferramenta de pagamentos da rede social oferecerá suporte inicialmente apenas a moedas fiduciárias

Elon Musk comprou o Twitter em 2022 (metamorworks/Getty Images)

Elon Musk comprou o Twitter em 2022 (metamorworks/Getty Images)

Cointelegraph Brasil

Cointelegraph Brasil

Publicado em 31 de janeiro de 2023 às 10h28.

O atual proprietário do Twitter, o bilionário Elon Musk, supostamente instruiu os desenvolvedores da empresa a construir um sistema de pagamentos da plataforma de forma que a funcionalidade de pagar com criptomoedas possa ser adicionada no futuro.

De acordo com uma reportagem do Financial Times publicada na segunda-feira, 30, duas pessoas familiarizadas com os planos do Twitter disseram que o sistema de pagamentos oferecerá inicialmente apenas suporte a moedas fiduciárias, mas será construído para incluir também criptomoedas, caso surjam oportunidades no futuro.

A empresa planeja há muito tempo incluir meios de pagamento à sua plataforma de rede social. A medida faz parte do plano declarado de Elon Musk de tornar o Twitter um "aplicativo para tudo". No entanto, não havia certeza de que o sistema de pagamentos envolveria a tecnologia blockchain ou criptomoedas, apesar do bilionário vislumbrar um grande papel para esses ativos noa rede social.

No início de dezembro, vazaram imagens revelando o projeto “Twitter Coins” – um ativo digital secreto em desenvolvimento que seria usado para viabilizar pagamentos e distribuição de gorjetas na plataforma. Muitas pessoas tinham esperanças de que a moeda do Twitter estivesse ligada às criptomoedas de alguma forma.

Entretanto, as imagens vazadas mais recentemente do projeto no início de janeiro não mencionavam a tecnologia blockchain ou criptomoedas. Rumores não confirmados também surgiram em outubro do ano passado, sugerindo que a empresa de Elon Musk estava trabalhando em um protótipo de carteira que suportaria depósitos e saques com criptomoedas.

O Twitter já iniciou o processo de solicitação de licenças regulatórias estaduais nos Estados Unidos que permitiriam a introdução de sistemas de pagamentos na plataforma. Uma das fontes ouvidas disse que a empresa espera que o processo de licenciamento nos EUA seja concluído dentro de um ano.

Em novembro, o “Twitter Payments LLC” foi registrado na Rede de Repressão a Crimes Financeiros (FinCEN, na sigla em ingês) do Departamento do Tesouro dos EUA para permitir que a empresa passe a processar pagamentos.

Em um Twitter Space na mesma época, Elon Musk disse que imaginava permitir que contas bancárias fossem conectadas a perfis do Twitter, incorporando cartões de débito à plataforma para facilitar transferências de dinheiro através da rede social.

Após a aprovação das licenças para operar nos Estados Unidos, o Twitter pretende obter aprovações regulatórias em outras jurisdições, de acordo com uma das fontes do Financial Times.

Para você que adora ler notícias de crypto, a Mynt é o aplicativo ideal para você. Invista e aprenda sobre crypto ao mesmo tempo com conteúdos descomplicados para todos os públicos. Clique aqui para abrir sua conta.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | TikTok

Acompanhe tudo sobre:Criptomoedaselon-muskTwitter

Mais de Future of Money

Criptomoedas podem ser "investimento principal" durante eleições nos EUA; entenda

Aproveitem a queda para comprar bitcoin, recomenda investidor milionário

CEO da Dell compartilha meme sobre bitcoin e gera especulação sobre investimento

Bitcoin oferece "imortalidade econômica" e vai valer US$ 10 milhões, diz executivo

Mais na Exame