Acompanhe:

Como o blockchain está transformando o comércio global?

Apesar de ser uma tecnologia relativamente nova, o blockchain já impacta negócios em todo o mundo. Entenda como isso funciona

Modo escuro

Continua após a publicidade
Tecnologia blockchain surgiu em 2009 com o bitcoin (Yuichiro Chino/Getty Images)

Tecnologia blockchain surgiu em 2009 com o bitcoin (Yuichiro Chino/Getty Images)

H
Helmuth Hoffstater

Publicado em 4 de setembro de 2022 às, 14h00.

Última atualização em 8 de setembro de 2022 às, 11h46.

Por Helmuth Hofstatter*

Diversas frentes do comércio internacional estão evoluindo com o uso de novas tecnologias – Internet of Things (IoT), Inteligência Artificial e Machine Learning são alguns exemplos. Além destas, não posso deixar de mencionar que está em alta há algum tempo: o blockchain. Com o aquecimento do mercado de criptomoedas e Non-Fungible Tokens (NFTs), o assunto nunca esteve tão em alta como atualmente.

Porém, as suas aplicações vão além de moedas e itens não fungíveis. Negociações em escala global já estão usando o blockchain para agilizar suas transações. Um fato curioso — e relativamente recente — foi a importação no valor de US$ 10 milhões que o Irã custeou com criptomoedas. A operação foi anunciada por Alireza Peyman-Pak , chefe da Organização de Promoção do Comércio. Até o final de setembro, o uso de criptomoedas e contratos inteligentes será generalizado no comércio exterior com os países-alvo.

(Mynt/Divulgação)

Outro fato interessante é a Companhia Nacional de Petróleo de Abu Dhabi, que contratou a IBM (International Business Machines Corporation) para criar um sistema baseado no blockchain capaz de rastrear, validar e executar transações de petróleo e gás natural.

Onde quero chegar com essas informações? O comércio exterior, por sua complexidade e diversos processos, tem muitas possibilidades ao aproveitar os avanços do blockchain. A tecnologia blockchain expande diversos setores do mundo, e não é novidade o ‘boom’ que já atingiu empresas, órgãos públicos, PMEs e até pessoas físicas. Ela funciona como um ‘livro-contábil’, registrando as informações de transações e contratos de acordo com regras preestabelecidas pelo algoritmo.

Empresas e organizações que realizam operações complexas e de alto valor já estão buscando meios de evoluir com essa tecnologia. Entretanto, a expectativa vai além dos processos comerciais. Há expectativa de que todos os processos possam ser totalmente integrados, da cadeia de suprimentos à liberação da carga e execução de contratos.

É verdade que tudo isso vai além, utilizando fundamentos de Inteligência Artificial e Internet of Things, mas é justamente na interdisciplinaridade dessas tecnologias que se espera agilizar e aumentar a segurança no comércio exterior.

Força do blockchain no comércio exterior

O blockchain vem ganhando cada vez mais destaque pela versatilidade e segurança operacional na sua utilização. O comércio exterior, por sua vez, vem sendo impactado por diversas transformações tecnológicas que demandam agilidade, eficiência e segurança. Além de inovadores e possuírem alto nível de segurança, os dados presentes nas transações do blockchain são imutáveis e trazem agilidade ao reduzir a circulação de papéis e automatizar processos, sem a necessidade de várias intervenções humanas.

No comércio nacional, o blockchain é utilizada no processo de validação dos documentos – por meio da plataforma digital – além da troca de informações entre as aduanas que estabelecem os acordos de conhecimento mútuo também por meio do uso dessa tecnologia. Outro ponto interessante é a sua relação com a certificação OEA (Programa Operador Econômico Autorizado), uma vez que as aduanas podem buscar informações pelo blockchain sobre as empresas certificadas.

Ou seja, quanto mais a empresa estiver acompanhando e implementando soluções tecnológicas que trazem visibilidade de ponta a ponta da operação de comércio exterior, informações em tempo real e maior controle para otimizar a gestão de importação, mais o comércio global torna-se seguro e ágil. Te convido a mergulhar neste ecossistema totalmente integrado com tecnologias que estão transformando o setor para importadores, exportadores e despachantes aduaneiros.

*Helmuth Hofstatter é CEO e fundador da Logcomex

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok  

Últimas Notícias

Ver mais
‘Acreditamos muito em moedas digitais’, diz CEO da Mastercard no Brasil
Future of Money

‘Acreditamos muito em moedas digitais’, diz CEO da Mastercard no Brasil

Há um dia

Telegram anuncia uso de blockchain para distribuir receita e criptomoeda Ton dispara 40%
Future of Money

Telegram anuncia uso de blockchain para distribuir receita e criptomoeda Ton dispara 40%

Há 3 dias

Concurso da Caixa: banco exige conhecimentos em bitcoin, blockchain e Drex
Future of Money

Concurso da Caixa: banco exige conhecimentos em bitcoin, blockchain e Drex

Há 5 dias

Prefeitura de SP usa blockchain em serviços do 156 e vê maior segurança com a tecnologia
Future of Money

Prefeitura de SP usa blockchain em serviços do 156 e vê maior segurança com a tecnologia

Há 5 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais