Future of Money

Como o aclamado compositor Hans Zimmer chegou a compor uma música sobre criptomoedas

O icônico compositor de trilhas sonoras de filmes, Hans Zimmer, colaborou com a Tron para criar uma música tema para a geração Web3, mesclando seu som característico com os valores de um futuro descentralizado

Hans Zimmer apoiado no carro BMW i4 Gran Coupé, que chega ao Brasil em 2022 (BMW/Divulgação)

Hans Zimmer apoiado no carro BMW i4 Gran Coupé, que chega ao Brasil em 2022 (BMW/Divulgação)

Cointelegraph
Cointelegraph

Agência de notícias

Publicado em 30 de maio de 2024 às 14h30.

Tudo sobreBlockchain
Saiba mais

Hans Zimmer, o icônico compositor de trilhas sonoras de filmes, agora pode adicionar o mundo das criptomoedas à sua vasta lista de composições após colaborar com a Tron para criar uma música tema para a Web3.

Em 16 de abril, o blockchain Tron anunciou que teria seu próprio hino, composto por Zimmer, que ganharia vida por meio de uma longa colaboração com troca de ideias e valores da Web3 com o fundador Justin Sun.

  • Uma nova era da economia digital está acontecendo bem diante dos seus olhos. Não perca tempo nem fique para trás: abra sua conta na Mynt e invista com o apoio de especialistas do BTG Pactual e a curadoria dos melhores criptoativos para você investir.

A faixa, intitulada 'O Hino da Tron - uma música para a geração Web3', tem toques clássicos de Zimmer. É um mundo musical de proporções épicas e dramáticas que mescla música eletrônica com arranjos orquestrais tradicionais.

yt thumbnail

Compositor de sucessos de bilheteria

Zimmer compôs músicas para alguns dos maiores sucessos de bilheteria contemporâneos, incluindo Interestelar, Duna, O Cavaleiro das Trevas e Gladiador.

Mas o que exatamente é necessário para compor um hino para uma comunidade digital viva e em evolução? O Cointelegraph conversou com Sun sobre a criação de músicas com Zimmer que refletisse os valores do espaço Web3 e recebeu uma citação exclusiva do compositor sobre sua visão.

De acordo com o anúncio, esta música tema está em desenvolvimento desde o início de 2022, quando o fundador da Tron e Zimmer abriram discussões para o projeto. Sun disse que um esforço conjunto para alavancar a música como um "catalisador para comunicação e colaboração" estava no centro das conversas.

"A criatividade e influência inigualáveis de Hans o tornam um aliado natural em nossa busca para aproveitar o poder da música não apenas para mostrar quem somos, mas também para atrair diversos talentos e capacidades para o ecossistema Web3."

Sun disse que a missão geral era ajudar a promover o entendimento mútuo dentro da comunidade Web3, catalisar a colaboração em toda a indústria e impulsionar a comunidade em direção a um futuro inovador.

A música como meio para mostrar ideias e representar temas ou comunidades é uma das maneiras mais acessíveis de atrair audiências.

"A tecnologia blockchain desbloqueou uma nova fronteira de colaboração digital, transcendendo fronteiras geográficas, fusos horários, idiomas e culturas," disse Sun. "Na busca por esses objetivos, reconhecemos o poder transformador da música. Ela serve como uma linguagem universal capaz de preencher lacunas e promover conexões."

Em uma citação exclusiva para o Cointelegraph, Zimmer descreveu um sentido do que Web3 pode invocar e como podemos abordá-lo:

“Tudo em que o mundo ocidental certamente se baseia é um código herdado da Revolução Industrial. Nossos sistemas educacionais são construídos com base nisso, nosso governo é construído com base nisso, etc. E uma vez que a internet surgiu, eu não acredito que realmente soubemos como usá-la. Acho que precisamos nos libertar dessas filosofias e dessas restrições."

Esta não é a primeira vez que a música é usada como instrumento para unir comunidades e fomentar a inclusão no espaço Web3.

No passado, tokens não fungíveis (NFTs) foram usados como forma de microfilantropia para abrir novas vias de financiamento para músicos clássicos fora das instituições tradicionais limitantes.

O Web3 também foi capaz de unir gêneros por meio de novas colaborações musicais através de NFTs e performances no metaverso, além de criar novos meios de conectar músicos às suas comunidades.

A colaboração musical é mais uma conexão entre os mundos da música e do Web3 e aponta para uma compreensão mais ampla da importância do emergente espaço descentralizado.

Uma nova era da economia digital está acontecendo bem diante dos seus olhos. Não perca tempo nem fique para trás: abra sua conta na Mynt e invista com o apoio de especialistas do BTG Pactual e a curadoria dos melhores criptoativos para você investir.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok  

Leia mais

Acompanhe tudo sobre:MúsicaBlockchain

Mais de Future of Money

Análise: após decisão monetária do Fed, bitcoin segue em tendência de alta

Investir em bitcoin é a “forma mais fácil de ficar milionário”, diz autor de Pai Rico, Pai Pobre

Trump se apresenta como "criptopresidente" e diz que quer "bitcoin feito nos EUA"

Bitcoin dispara após divulgação do CPI: há esperanças para corte nos juros nos EUA?

Mais na Exame