Após queda histórica na cotação da libra, negociação de bitcoin bate recorde no Reino Unido

Visão negativa de investidores sobre economia do Reino Unido gera forte fluxo de saída de capital da libra e migração para outros ativos - entre eles o bitcoin
No dia 26 de setembro, o volume de negociação entre a moeda britânica e o bitcoin foi de US$ 881 milhões (D3sign/Getty Images)
No dia 26 de setembro, o volume de negociação entre a moeda britânica e o bitcoin foi de US$ 881 milhões (D3sign/Getty Images)
J
João Pedro MalarPublicado em 28/09/2022 às 19:39.

O bitcoin pode estar sendo beneficiado pela saída de investimentos do Reino Unido devido a um pessimismo dos investidores sobre a economia do país. Com isso, o volume de negociações entre a libra e a criptomoeda atingiu um recorde histórico.

Os dados foram divulgados na terça-feira, 27, por James Butterfill, chefe de pesquisa da gestora de fundos de criptomoedas CoinShares, e se referem às movimentações dos clientes da empresa.

(Mynt/Divulgação)

No dia 26 de setembro, o volume de negociação entre a libra e o bitcoin foi de US$ 881 milhões, um valor bem acima da média diária, de US$ 70 milhões. Até então, o maior valor registrado era de junho de 2021, quando chegou a pouco mais de US$ 500 milhões.

A movimentação ocorreu na mesma data em que a libra esterlina atingiu a menor cotação em relação ao dólar desde 1971. A moeda chegou a valer US$ 1,04, e nesta quarta-feira, 28, ronda os US$ 1,09.

A desvalorização ocorreu após o governo britânico anunciar novas políticas expansionistas, incluindo cortes de impostos, em um esforço de afastar o país de uma possível recessão.

Os impactos fiscais para os próximos anos foram estimados em mais de 160 bilhões de libras, e incluem também um empréstimo adicional de 72 bilhões de libras. O Reino Unido enfrenta a maior inflação em 40 anos, atualmente na casa dos 9,9%.

Butterfill afirmou no Twitter que o volume recorde entre o bitcoin e a libra indica que “quando uma moeda fiduciária é ameaçada, os investidores começam a favorecer” a criptomoeda.

Ele também divulgou outro levantamento, que aponta que o bitcoin também teve desempenhos positivos em relação a outras moedas, como o dólar e o euro, no mesmo dia, também refletindo os temores dos investidores.

Ainda no Twitter, Butterfill destacou que os dados da CoinShares não apontam quanto do volume movimentado foi de compra de bitcoin usando libra e o quanto foi do movimento contrário, mas que “o sentimento [do mercado] sugere que muitos não estão à procura de pechinchas na libra agora”.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok