Esporte

NBA: com brilho de herói improvável, Miami Heat vence os Celtics e fará final com Denver Nuggets

Com média de nove pontos durante a temporada regular, Caleb Martin foi o segundo maior pontuador do time de Erik Spoelstra e fundamental na partida

Após começar perdendo nos primeiros minutos do primeiro quarto, o Heat tomou a dianteira do placar e não ficou atrás em nenhum outro moment (Maddie Meyer/Getty Images)

Após começar perdendo nos primeiros minutos do primeiro quarto, o Heat tomou a dianteira do placar e não ficou atrás em nenhum outro moment (Maddie Meyer/Getty Images)

Agência o Globo
Agência o Globo

Agência de notícias

Publicado em 30 de maio de 2023 às 06h58.

A atmosfera estava 100% favorável aos Celtics. Depois de sofrer um 3-0, o time de Boston conseguiu vencer 3 partidas seguidas e estava a uma de conseguir o inédito feito de virar um placar tão adverso. Para melhorar, Tatum, Brown, Smart e companhia jogariam no TD Garden, seus domínios. Mas, desde os primeiros momentos que a bola laranja esteve em jogo, nada disso importou. Dominante em todos os momentos da partida, o Miami Heat venceu os Celtics por 103 a 84 e disputará a final da NBA contra o Denver Nuggets.

Embora externamente houvessem diversos questionamentos sobre o fator psicológico dos jogadores de Miami após verem a vantagem de três partidas a zero ruir, em nenhum momento os comandados de Erik Spoelstra deram indícios de que não estavam completamente focados na partida. Após começar perdendo nos primeiros minutos do primeiro quarto, o Heat tomou a dianteira do placar e não ficou atrás em nenhum outro momento. No fim, a vantagem que chegou a ser de 25 pontos, terminou em 19.

Herói improvável

Se todos os holofotes estavam em Jimmy Butler, principal jogador do Miami Heat e vencedor do prêmio Larry Bird, dado ao melhor jogador das finais da Conferência Leste, pode-se dizer que o grande nome do jogo 7 foi Caleb Martin. Com média de nove pontos nas duas últimas temporadas regulares, o ala que já tinha anotado 25 pontos no jogo dois e 21 no jogo seis, marcou 26 pontos e somou 10 rebotes na partida decisiva e foi fundamental na vitória da equipe, sendo o segundo maior pontuador — Butler, com 28, foi o cestinha.

Outro que foi bem foi Bam Adebayo. Em baixa na série, o pivô anotou um duplo-duplo com 12 pontos e 10 rebotes, além de 7 assistências.

Pelo lado dos celtics, a decepção ficou com o ala Jaylen Brown, que somou oito turnovers. Para se ter ideia, todo o time do Heat somou 12. A marca negativa foi a maior da carreira de Brown. Tatum, com 19 pontos, até tentou, mas uma lesão no tornozelo esquerdo sofrida ainda no início do jogo prejudicou a mobilidade do ala-pivô. Além disso, Marcus Smart, com 9 pontos, também não foi bem.

Na próxima quinta-feira, o Miami Heat começará a batalhar pelo título de campeão da NBA contra o Denver Nuggets, em Denver

Acompanhe tudo sobre:NBABasquete

Mais de Esporte

Messi pode quebrar novos recordes pela Argentina na Copa América 2024; entenda

Flamengo x Bahia: onde assistir, horário e escalações pelo Brasileirão

Palmeiras x RB Bragantino: onde assistir, horário e escalações pelo Brasileirão

Mais na Exame