Esporte

Morre, aos 86 anos, Ted Toleman, o primeiro chefe de Ayrton Senna na F1

Antigo dirigente deu ao piloto brasileiro a chance de estrear na modalidade em 1984

Fórmula 1: ex-chefe de Ayrton Senna morre aos 86 anos (Pascal Rondeau/Getty Images)

Fórmula 1: ex-chefe de Ayrton Senna morre aos 86 anos (Pascal Rondeau/Getty Images)

Agência o Globo
Agência o Globo

Agência de notícias

Publicado em 11 de abril de 2024 às 09h22.

O antigo chefe de equipe da Fórmula 1 Ted Toleman, que foi a pessoa que deu a oportunidade ao lendário piloto brasileiro Ayrton Senna de estrear na categoria máxima do automobilismo, faleceu aos 86 anos, anunciou nesta quinta-feira o promotor da F1.

Líder da equipe Toleman entre 1981 e 1985, o antigo dirigente deu a Senna a chance de estrear na F1 em 1984, e o tricampeão mundial brasileiro começou a fazer história quando terminou em segundo lugar no Grande Prêmio de Mônaco, sob chuva, em sua primeira temporada na categoria.

Este foi o melhor resultado da equipe, que também alcançou outros dois pódios com Senna, na Grã-Bretanha e em Portugal.

Posteriormente, a equipe foi vendida para a marca italiana de moda Benetton, que disputou o campeonato de 1986 a 2001, com dois títulos mundiais para outra lenda do automobilismo, o alemão Michael Schumacher, em 1994 e 1995, além do título de construtores em 1995.

"Estou muito triste ao saber que Ted Toleman faleceu. Ele deu muito à Fórmula 1 e seus sucessos e seu legado sempre farão parte de nossa história", disse em comunicado Stefano Domenicali, CEO da empresa promotora do Mundial de F1.

Acompanhe tudo sobre:Fórmula 1Ayrton Senna

Mais de Esporte

Palmeiras e Chelsea fecham acordo milionário por Estêvão; entenda os detalhes da negociação

Copa América terá cartão rosa durante as partidas; veja como funciona

Família de Schumacher recebe indenização milionária por 'entrevista' feita com IA

Jogos de hoje, quinta-feira, 23, onde assistir ao vivo e horários

Mais na Exame