Acompanhe:

Com cinco brasileiros, jornal elege ‘contratações mais decepcionantes da história do futebol; veja

Nomes conhecidos como Anelka, Ibrahimovic, Shevchenko e Verón também são citados

Modo escuro

Continua após a publicidade
Contratações: caso mais recente entre brasileiros é o de Philippe Coutinho (à época no Liverpool), quem junto com Ousmane Dembélé, teve a incumbência de suprir a saída de Neymar (VI Images/Getty Images)

Contratações: caso mais recente entre brasileiros é o de Philippe Coutinho (à época no Liverpool), quem junto com Ousmane Dembélé, teve a incumbência de suprir a saída de Neymar (VI Images/Getty Images)

As janelas de transferências são oportunidades nas quais os clubes podem reforçar seus elencos para os jogos da temporada. Mas nem sempre essas contratações não rendem como era esperado. O jornal espanhol As decidiu, então, listar 23 atletas que foram verdadeiros fracassos após serem contratados sob grandes holofotes.

O que chama a atenção é a presença de cinco brasileiros entres os listados, que também conta com outros nomes conhecidos, como o colombiano Faustino Asprilla (da “era de ouro do futebol” no país, segundo a publicação, quando se transferiu para o Newcastle), Anelka (quando foi para o Real Madrid), Ibrahimovic (na ida para o Barcelona), Shevchenko (para o Chelsea) e o argentino Verón (para o Manchester United).

O primeiro nome brasileiro na lista é o de Denilson. O destaque ao jogador se deve, principalmente, à marca de contratação mais cara do futebol mundial, conquistada por ele quando o Bétis, da Espanha, pagou ao São Paulo 30,5 milhões de dólares pelo atacante, em 1998. Embora tenha jogado por sete temporadas no time, ele não conseguiu repetir as boas atuações que teve no Brasil — mas esteve no elenco que conquistou a Copa do Mundo de 2002.

Outro que foi lembrado é o meia Kaká. Após passagem marcante pelo Milan, onde foi campeão mundial em 2007, ele se transferiu para o Real Madrid sob grande expectativa, mas acabou não correspondendo dentro de campo. O mesmo aconteceu com Robinho, que foi um dos destaques do clube madrilenho, até se transferir para o Manchester City, onde não teria o mesmo rendimento.

O caso mais recente entre brasileiros é o de Philippe Coutinho (à época no Liverpool), quem junto com Ousmane Dembélé, teve a incumbência de suprir a saída de Neymar, que assinara com o PSG. Também igualmente ao caso do francês, o brasileiro decepcionou e acabou negociado.

Após longa e vitoriosa passagem pelo Atlético de Madri, Filipe Luís decidiu seguir um novo rumo e se transferiu para o Chelsea, mas a experiência não foi muito boa para ambos, tanto que ele retornaria à Espanha uma temporada depois, novamente para atuar por um longo período, até se transferir para o Flamengo.

Abaixo os outros nomes que também foram citados na lista:

Freddy Adu: Benfica

Gianluigi Lentini: Milan

Chygrynsky: Barcelona

Juan Cuadrado: Chelsea

Mario Balotelli: Liverpool

Roberto Ríos: Athletic Bilbao

Winston Bogarde: Barcelona

Spasic: Real Madrid

Woodgate: Real Madrid

Mendieta: Lazio

Amunike: Barcelona

Nico Gaitán: Atlético de Madri

Faubert: Real Madrid

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Tenista Rafael Matos é o primeiro brasileiro a vencer o Rio Open
Esporte

Tenista Rafael Matos é o primeiro brasileiro a vencer o Rio Open

Há 16 horas

Brasil bate Itália e é hexa na Copa do Mundo de Futebol de Areia
Esporte

Brasil bate Itália e é hexa na Copa do Mundo de Futebol de Areia

Há 21 horas

Com mais de 80% Internacional é o clube com o maior aproveitamento da Série A em 2024; veja top 5
Esporte

Com mais de 80% Internacional é o clube com o maior aproveitamento da Série A em 2024; veja top 5

Há um dia

Corinthians inicia Paulistão com melhor média de público da história da Neo Química Arena
Esporte

Corinthians inicia Paulistão com melhor média de público da história da Neo Química Arena

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais