Esporte

CazéTV: Casimiro vai transmitir Copa do Mundo Feminina 2023 online; veja como assistir

Desta vez, o streamer poderá transmitir com imagens todos os jogos do torneio feminino

Casimiro: streamer brasileiro tem apoio de ao menos dez patrocinadores (Twitch/Reprodução)

Casimiro: streamer brasileiro tem apoio de ao menos dez patrocinadores (Twitch/Reprodução)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 19 de julho de 2023 às 14h22.

Última atualização em 19 de julho de 2023 às 14h49.

Após o sucesso com a Copa do Catar, o streamer brasileiro Casimiro se prepara para o desafio de transmitir os jogos da Copa do Mundo Feminina 2023. Ainda ao vivo e gratuitamente, a "Copa do Cazé" transmitirá todas as 64 partidas do torneio feminino.

A CazéTV já tem fechado até o momento 11 patrocinadores, como Coca Cola, Itaú, Visa, McDonald's, Unilever e Esportes da Sorte. Além deles, aparecem Eurofarma, iFood, Latam, Mastercard, Mercado Livre e Sensodyne.

Para essa edição, Casimiro convidou a jornalista e apresentadora Fernanda Gentil para comandar a cobertura diretamente dos países sede. 

Quem perder o ao vivo poderá visitar o canal posteriormente para assistir cortes da partida. Vídeos reagindo aos melhores momentos de todos os jogos, entrevistas com Valentina Bandeira e outros trechos da live também serão publicados no canal do streamer, "Cortes do Casimito".

Quais jogos da Copa o Casimiro vai transmitir?

A CazéTV fará a cobertura de todos os jogos da Copa Feminina 2023. Todos os 64 jogos poderão ser assistidos gratuitamente, ao vivo e com imagens.

Como assistir a Copa Feminina pelo CazéTV?

A transmissão pode ser acompanhada tanto pela Twitch quanto pelo YouTube, e não se limita ao jogo: Casimiro estará ao vivo ao longo do dia, independente do horário da partida.

LEIA TAMBÉM:
Acompanhe tudo sobre:Copa do Mundo FemininaFutebol femininoFutebol

Mais de Esporte

Morre Celeste Arantes, a mãe de Pelé, aos 101 anos

Roberto Baggio é ferido em assalto à mão armada em sua casa na Itália

Campeã olímpica tropeça no jardim e fica fora dos Jogos de Paris

Brasil sobe uma posição no ranking da FIFA; veja as cem melhores seleções

Mais na Exame